'

Notícia

Polémica

Ganhou oito milhões de euros em 2009! A vida trágica do euromilionário que hoje vive na miséria

Luís Lopes fazia parte de uma sociedade que recebeu o primeiro prémio do Euromilhões: mais de 50 milhões de euros. Hoje, não tem nada e acusa a sua advogada de o ter burlado.
10 de novembro de 2020 às 16:09
Luís Lopes ficou sem oito milhões de euros em 11 anos
Luís Lopes, euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes, euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Luís Lopes euromilionário
Esteve no 'A Tarde é Sua' e expôs os seus dramas ao país. Em 2009, Luís Lopes, de 51 anos, ganhou oito milhões de euros, de um prémio de mais de 50 milhões, que saiu a uma sociedade de amigos. Onze anos depois, não tem quase nada e acusa a antiga advogada de o ter enganado. Já apresentou queixa na Justiça. 

Depois de arrecadar os oito milhões que lhe couberam em sorte, o antigo ladrilhador da Charneca de Caparica, em Almada, mudou de vida. Deixou de trabalhar, fez vários investimentos financeiros e patrimoniais, mas nem todos correram como esperado, avança o 'Correio da Manhã'.

Comprou casas para familiares e ajudou amigos. O divórcio também lhe saiu muito caro. Perdeu boa parte da fortuna. Não tem filhos e no ano passado voltou a casar. "A vida andou para a frente com o Euromilhões. Foi tudo muito bom. Mas muita gente se aproveitou. A minha vida financeira estava nas mãos da advogada. Dei-lhe carta-branca e confiei demasiado nela", disse ao referido jornal, já antes de estar à conversa com Fátima Lopes, na TVI.

A carregar o vídeo ...
Chama-se Luís Lopes e acusa a antiga advogada de o ter burlado e ficado com parte do dinheiro.
O euromilionário apresentou queixa contra a advogada Sónia Valente, na secção de Almada do DIAP de Lisboa, por burla e abuso de confiança. Em causa está meio milhão de euros. Contudo, esta também intrepôs uma ação judicial contra o antigo euromilionário por falta do pagamento dos honorários que ronda uma quantia de 35 mil euros. 

A ação foi aceite e o Tribunal de Almada arrestou preventivamente metade de um imóvel de Luís Lopes na Charneca de Caparica - avaliado pelo fisco em 314 mil euros. E o saldo de uma conta bancária, no valor de 8 mil euros, foi penhorado, devido a uma dívida de arrendamento.


Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever