'

Notícia

Direitos

Goucha fala da coragem para se assumir homossexual: "Sempre tive orgulho em ser diferente"

O apresentador desabafa sobre o preconceito.
04 de maio de 2022 às 20:59
Os momentos hilariantes de Goucha com o marido
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha e Rui Oliveira Nunes
Manuel Luís Goucha defendeu a coragem que um homem precisa ter para se assumir homossexual.

"À vossa frente está um homem de 67 anos que sempre soube como era, sempre gostou de ser como era. Sempre tive orgulho em ser diferente", desabafou no programa da tarde desta quarta-feira, 4.

"Costumo dizer uma coisa, espero que não me interpretem mal: Dados os preconceitos, é preciso ser muito homem para se ser gay", afirmou.

O apresentador não escondeu o orgulho de convidar uma mãe que luta pelos direitos do filho homossexual, e esteve recentemente na marcha LGBTI+.

No Instagram ainda escreveu: "Esta foto tirada numa manifestação LGBT fez-me querer conhecer esta mãe. Procurei saber do caminho que ela própria teve de percorrer, dentro de si, para aceitar, respeitar e amar o filho com uma orientação sexual diferente. Com Cristina Méga, a tarde ganhou o brilho e o poder do respeito pelo outro. E vê-la (na última foto) de mão dada com Diogo, seu filho, e Bernardo, o namorado, é a prova que o amor está sempre no lado certo da vida. A simpatia dos comentários nas minhas redes sociais a esta conversa são um sinal que havemos de chegar ao dia em que o Diogo é o Diogo, o Bernardo é o Bernardo... E que a sexualidade de cada um não é assunto".

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever