'

Notícia

A FLASH! já está no WhatsApp.
Siga-nos!
Seguir
Polémica

Marco Paulo reage às insinuações de José Pacheco Pereira de ter "comprado" o afilhado aos pais

O anfitrião de 'Alô, Marco Paulo' reage à crónica do antigo deputado que alegadamente faz referências à relação do cantor com Marco António.
08 de março de 2023 às 14:29
Veja as imagens. Marco Paulo continua na televisão, mesmo durante luta contra novo cancro
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Marco Paulo, Alô Marco Paulo
Sem mencionar o nome de Marco Paulo, o antigo deputado do PSD e comentador político José Pacheco Pereira fez insinuações sobre a relação "ambígua" de "um artista de variedades" com o seu afilhado que teria "comprado" aos pais, seus empregados, numa crónica publicada no jornal 'Público', de 18 de fevereiro.

"Um caso que várias vezes referi, espantando-me por não provocar qualquer réstia de indignação, é o de um artista de variedades que viveu durante algum tempo às claras, com publicidade, com uma criança, seu afilhado, que de uma certa maneira comprou aos pais seus empregados", lê-se no texto que analisa "abusos sexuais" e "pedofilia".

"Várias revistas do jetset mostravam a criança, na piscina, em restaurantes, com um padrão comum a outros casos: homem poderoso e com fama e dinheiro que vive numa relação pelo menos ambígua com uma criança filha de uma governante ou de um jardineiro", lê-se na crónica assinada por Pacheco Pereira.

Agora, o jornal 'Tal & Qual' refere que o visado pelas insinuações de Pacheco Pereira é Marco Paulo. O cantor e rosto do programa 'Alô Marco Paulo', na SIC reagiu e rejeita todas as acusações, em declarações ao 'A Televisão'.

"Comprou uma criança aos pais!? Isso é um nojo! Não, não! O pai trabalha comigo há 40 anos. Eu sou padrinho de casamento e sou padrinho do Marco António. Ele tem 32 anos e os pais não têm as funções que o José Pacheco Pereira disse. O pai do Marco António foi sempre meu técnico de som e meu sócio, não foi jardineiro, e a mãe do Marco António trabalhou numa perfumaria e hoje tem uma empresa, nunca foi minha empregada", esclarece à publicação.

"O Marco António sempre saiu em capas de revistas comigo e com a mãe. Mas o que é que esse senhor tem a ver comigo? Eu não sou político, sou cantor. O Pacheco Pereira deve estar mal disposto e pegou em mim. Mas isto é um disparate, uma mentira!", assegura o cantor, frizando que é uma mentira: "Ele está a mentir perante milhões de portugueses! Eu era capaz de dar a minha vida pelo meu afilhado. É tudo inveja, tudo maldade!". Marco Paulo garante que vai levar o caso até às últimas instâncias e que irá recorrer à Justiça.

Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas