'

Notícia

Nacional

Nuno Santos desconhece rescisão de contrato de Judite Sousa: "A informação que temos é que está de baixa médica"

O diretor de informação da CNN Portugal quebrou o silêncio sobre a saída surpresa da jornalista e fala em "inverdades" e "mentiras".
02 de agosto de 2022 às 12:30
Os momentos mais marcantes de Judite Sousa na TVI
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
judite sousa
Depois de se saber que Judite Sousa virou costas à CNN Portugal - uma informação que foi a própria jornalista que deu nas redes sociais - foram avançadas as razões para esta saída. A reconhecida profissional ter-se-à sentido "traída" e alvo de bullying. 

Foi dito ainda que Judite Sousa esteve cinco meses na CNN Portugal sem contrato, período durante o qual não lhe foi pago o ordenado, que terá viajado para a Ucrânia em reportagem sem seguro de saúde, sem dinheiro e sem condições de trabalho. Terá adoecido e obrigada a pedir dinheiro emprestado ao colega.

Além do mais, quando negociou a sua ida para o canal de informação,foi dito a Judite Sousa que seria coordenadora editorial: "Mas só lhe disseram a ela, não disseram às equipas.  Ninguém sabia na redação", avançou esta manhã, 2 de agosto, Duarte Siopa, na CMTV. 

Perante tudo isto, Nuno Santos, diretor de Informação da TVI e da CNN Portugal decidiu quebrar o silêncio sobre toda esta polémica para "repôr a verdade". Começou a dizer que a saída de Judite Sousa "nos deixa tristes".

"Ponto 1: nas redes sociais fala-se que a Judite Sousa decidiu cessar o contrato de serviços. Não é a informação que nós temos. O que sabemos é que Judite está de baixa médica até ao dia 11 de agosto", começou por esclarecer Nuno Santos.

Já o ponto 2 tem a ver com a viagem à Ucrânia. O diretor de Informação nega que seja verdade que a jornalista tem viajado sem seguro: "Não é verdade". "Foi com seguro" afiança estes responsável da estação de Queluz de Baixo.

No ponto 3, Nuno Santos nega que Judite Sousa não tenha tido acesso a dinheiro ou que não lhe tenham sido dadas condições de trabalho: "Não é verdade", atirou mais uma vez.

Já no ponto 4 tem a ver com o facto de supostamente não ter sido comunicado à redação que Judite Sousa era coordenadora editorial. O diretor de Informação diz que Judite Sousa "escolheu a sua equipa e o conjunta de pessoas que iriam trabalhar consigo". Assegura que a jornalista teve todo o apoio por parte da direção da CNN Portugal. 

Nuno Santos diz que não pode permitir que se continuem a dizer "inverdades, mentiras" e essa é a razão para ter quebrado o silêncio. "Tenho a obrigação e o dever de defender a minha equipa". 

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever