'

Notícia

televisão

Revolução à espreita? Moniz pressionado para meter Cristina Ferreira e Cláudio Ramos nas manhãs contra João Baião e Diana Chaves

Diretor-geral da TVI já disse que vai mexer em alguns programas, nomeadamente nas manhãs.
04 de setembro de 2022 às 17:09
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos: tudo em pratos limpos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
Cláudio Ramos e Cristina Ferreira
José Eduardo Moniz foi contratado para mexer na TVI e meter o canal a ganhar nas audiências. Depois de vários anos como consultor, Moniz passou a ser diretor-geral,  uma aposta de Mário Ferreira, depois de ter visto que Cristina Ferreira não conseguia vencer a SIC, que canta vitória nas audiências há 43 meses consecutivos.  Cristina é a estrela principal da TVI, com um ordenado de quase 2 milhões de euros, por ano, mas apesar de acumular o cargo de diretora de programas com a apresentação de alguns formatos, as coisas não têm sorrido muito à antiga rainha das manhãs.  E nos últimos tempos, várias vozes se levantaram e pedem a Moniz para conseguir convencer Cristina a voltar para as manhãs, considerado por muitos como o seu "habitat" natural, e onde deu provas de ser invencível. É isso que Paulo Abreu, chefe de redação da TV Guia, pede a Moniz, deixado-lhe um desafio: "As manhãs não são o horário mais importante numa estação, mas, para mim, e aproveitando uma expressão popular, "de manhã é que se começa o dia". E é aqui que se travam as primeiras horas na guerra das audiências, capazes de criar uma dinâmica de vitória até à noite. Nessa ótica, Moniz tem de mexer rapidamente no ‘Dois às 10’. Na dupla, nos conteúdos, nos convidados", escreve o jornalista, na sua crónica semanal.  E vai mais fundo: "Longe de mim ensinar algo a Moniz, mas, se eu mandasse em Queluz de Baixo, em janeiro, apostaria num programa novo nas manhãs, com Cláudio e… Cristina. Sim, Cristina Ferreira ", atira o especialista em televisão. "Uma das melhores não pode estar desaproveitada, só a fazer o ‘Big Brother’ aos domingos. Tem de estar em antena de segunda a sexta-feira. O regresso de Cristina às manhãs, o horário que a fez uma estrela, seria o início da caminhada da TVI rumo à liderança", acrescenta.

Tal como Paulo Abreu, outras vozes mais ou menos conhecidas são da mesma opinião. Cristina, contudo, tem conseguido resistir a regressar às manhãs e prepara-se para mais um desafio à frente de mais uma edição do 'Big Brother', que na TVI anseiam seja o pontapé na crise das audiências, tal como aconteceu no passado.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever