Maria Marques 13.07.2019

A srª Mira ao escrever esta novela ( A Prisioneira) devia estar a sonhar com grilos ao centrar a história num assunto que pouco ou nada diz ao povo português. A culpa não é dos atores, é de uma hisória parada, com uma zona sem qualquer interesse. A TV Iem vez de encher as lacunas com um babtalhão de atores devia ter tido a esperteza que aquilo ia dar em nada. O problema das diferenças entre civilizações não precisava de ser tão rídicula. Até podia ser uma história forte, real e dura. Assim foi uma porcaria. Algumas personagens são realmente denecessárias mas só vão castigar atores com alguma qualidade. Aquilo é uma salada russa de idiotices.
Fazem bem em mudar o rumo e melhor faziam em chamar outro autor para dar a volta à história.
Se há quem consiha escrever uma "onde está Elisa" e agora " Amar depois de Amar" alguém conseguirá tirar a Prisioneira da prisão lamacenta onde está enterrada.

Denunciar
Álvaro Olivença 13.07.2019

Ao ter este tipo de atitude a TVI, desce mais uns pontos na minha opinião.
Já pensaram que o problema não está nos atores, mas sim na forma de apresentar os conteúdos.
É nado e sabido que a publicidade paga tudo o que vemos em televisão.
Mas convenhamos que o que é demais, satura.
A minha mãe que tem 80 anos, está sempre a reclamar da publicidade e da duração de alguns programas da TVI.
O tempo de publicidade durante a emissão de qualquer programa é o seu maior inimigo.
A pessoa satura e muda de canal.
Parem, analisem, prestem atenção e não se ponham a despedir atores que vão para a concorrência, e aí sim ainda perdem mais audiências.

Denunciar