'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

O grande pecado de Cristina Ferreira

Por mais que a estrela da TVI goste de dizer aos portugueses que não tem problemas em, um dia, ir vender bifanas para a feira da Malveira, a verdade é que, estando milionária, esse discurso já não cola. O foco, agora, parece ser os sapatos, os casacos, os óculos ou as férias no estrangeiro. Infelizmente, a apresentadora de sucesso deu lugar a uma empresária.
24 de dezembro de 2021 às 00:00
...
Cristina Ferreira

Cristina Ferreira volta a acumular um fracasso neste seu regresso à TVI. Em apenas um ano, a apresentadora e diretora de Entretenimento e Ficção assumiu a condução de três grandes formatos, ‘Dia de Cristina’, ‘All Together Now’ e ‘Cristina ComVida’, e todos eles perderam (e bem) nos seus horários para os mais diretos rivais. Não é especulação, não é perseguição. São factos, como provam as audiências.

A primeira aposta, ‘Dia de Cristina’, anunciada como a última Coca-Cola do deserto, durou menos de três meses – estreou em 23 de setembro de 2020 e terminou em 15 de dezembro. Teve um investimento (brutal) de 300 mil euros, nunca convenceu nos finais de tarde, com temas e personalidades que andavam em contraciclo com a atualidade. Depois, em 7 de março de 2021, seguiu-se ‘All Together Now’, concurso onde concorrentes atuavam perante um painel de 100 jurados para mostrarem o que valiam. Despediu-se em junho, sem honra nem glória, após um arranque com cobertura especial do ‘Jornal das 8’, no topo do Pavilhão Atlântico. Por último, em 21 de março, Cristina Ferreira decidiu investir num outro formato de acesso ao prime time, ‘Cristina ComVida’, que não vai deixar saudades, à exceção dos bonecos de Eduardo Madeira. Com o adeus anunciado já para o início de janeiro, somam-se desaires, frente à concorrência da RTP1 e da SIC, e, claro, um novo rombo nos cofres da Media Capital.

Não sei o que se seguirá de Cristina Ferreira na TVI. Sei que está na hora de Mário Ferreira e a sua equipa se sentarem à mesa para refletirem seriamente – e tomarem decisões – sobre esta quebra de popularidade da sua maior estrela, desde o regresso a Queluz de Baixo, em 1 de setembro de 2020. Eu acho que tenho a resposta: Cristina deixou de ser uma mulher do povo. Subida a corda a pulso, onde mostrou todas as suas qualidades como profissional de televisão, transfigurou-se por completo. E hoje, por mais que goste de dizer aos portugueses que não tem problemas em, um dia, ir vender bifanas para a feira da Malveira, a verdade é que, estando milionária, esse discurso já não cola. O foco, agora, parece ser os sapatos, os casacos, os óculos ou as férias no estrangeiro. Infelizmente, a apresentadora de sucesso deu lugar a uma empresária.

Mais notícias de O Tal Canal

‘Pôr do Sol’ é um bálsamo na televisão portuguesa

‘Pôr do Sol’ é um bálsamo na televisão portuguesa

Afinal, é possível sair da zona de conforto para fazer diferente. Já nos bastam bem os programas da manhã, da tarde e do fim de semana na SIC e na TVI serem o que são: mais do mesmo. Parabéns a todos os operários desta novela da RTP1.
Vergonha pegada na TVI: talento ou seguidores?

Vergonha pegada na TVI: talento ou seguidores?

Pouco interessa se foi Cristina Ferreira a falar com Miguel Melo sobre a importância de o ator ter seguidores nas redes sociais. A questão aqui não é essa, é outra: como é que a TVI e a Plural insistem nesta matéria? O que vale mais na televisão? Talento ou sucesso no Instagram? Catarina Gouveia, Helena Coelho, Angie Costa ou Mia Rose são (maus) exemplos.  
Fernando Mendes arrasa Cristina Ferreira: as tretas dos seguidores

Fernando Mendes arrasa Cristina Ferreira: as tretas dos seguidores

Um leigo nestas modernices, o ator vai seguindo o seu caminho – e que caminho! – na televisão. Curiosamente, nos últimos dois anos, “O Gordo” limpou sempre “A Saloia da Malveira”, fosse em ‘Dia de Cristina’, em ‘Cristina ComVida’ ou em ‘Rua das Flores’. Espetáculo!
O povo é soberano

O povo é soberano

Informação da TVI é engolida todos os dias, à hora de almoço e de jantar. Nuno Santos e José Eduardo Moniz vão ter de partir muita pedra… se quiserem ser líderes de audiências.
A “tanga” de Daniel Oliveira

A “tanga” de Daniel Oliveira

O último ‘Alta Definição’, na SIC, com Filipa Nascimento, foi gravado há muito. Vestido à inverno, o apresentador tratou o marido por “namorado” e nem uma pergunta à atriz sobre a gravidez. A isto chama-se enganar o espetador.

Mais Lidas

+ Lidas