'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Cláudio Ramos bate em Goucha

Num confronto inédito na televisão entre os dois, o alentejano ganhou combate por KO à estrela da TVI.
20 de abril de 2019 às 08:00
...
Cláudio Ramos, sic, programa da cristina Foto: Colina Media
1. Com a estreia de Cristina Ferreira na SIC em 7 de janeiro, a estação de Paço de Arcos entrou numa dinâmica de vitória impressionante. Em cima da TVI em janeiro, e à frente do rival já em fevereiro e março, a apresentadora deu-se ao luxo de ir de férias uma semana, ao fim de quatro meses de trabalho, deixar as manhãs a Cláudio Ramos, e este… esmagar Manuel Luís Goucha: 162 mil espectadores de diferença no 1.º duelo. Gosto muito do apresentador de 'Você na TV!', que é um profissional dedicado e talentoso, com uma carreira ímpar na TV, e não merecia estar a passar por isto.

Quanto a Cláudio Ramos, que tem de continuar a aprender dia após dia com Cristina Ferreira, é óbvio que superou mais um obstáculo na televisão. Bem fez a apresentadora, que, quando chegou à SIC, só o quis a ele no programa das manhãs, descartando Rui Oliveira, Cinha Jardim ou Flávio Furtado.

2. No início de abril, a TVI decidiu tirar da grelha 'Apanha se Puderes', que estava a perder por muitos para os diários de 'Quem Quer Namorar com o Agricultor?', para colocar às 19:00 episódios originais de 'Inspetor Max'. A justificação? As férias escolares da Páscoa. Mas a opção do diretor-geral da estação de Queluz de Baixo revelou-se um tiro ao lado. Afinal, a série do pastor-alemão ainda tinha menos audiência no horário de acesso ao horário nobre do que o concurso de Pedro Teixeira e Rita Pereira.

Na segunda-feira, dia 15, perante as evidências, Bruno Santos tirou 'Inspetor Max' para fazer regressar 'Apanha se Puderes'. As opções do diretor-geral são todas legítimas, é verdade, embora os erros comecem a ser muitos, mas mais grave é o sinal de desnorte que parece reinar em Queluz de Baixo.

3. O formato é interessante, o cenário e a produção são excelentes, o horário é magnífico, Sílvia Alberto tem provas dadas – embora eu continue a achar que ganhava mais se não tivesse tiques de Catarina Furtado –, o painel de jurados e Bárbara Bandeira são apelativos, mas os portugueses não estão a aderir, mesmo tendo a concorrência programas de baixo nível, como 'Quem Quer Namorar com o Agricultor?' (SIC) ou 'Começar do Zero' (TVI). Os resultados de La Banda, na RTP1, não enganam: a estreia teve 662 700 espectadores e no último domingo prendeu 557 400 espectadores. Uma desilusão.

Mais notícias de O Tal Canal

O pior e o melhor dos Globos de Ouro

O pior e o melhor dos Globos de Ouro

Cadeiras vazias com o avançar da noite, novela ‘Quer o Destino’ e os seus protagonistas ignorados pela SIC, os elogios fáceis a Daniel Oliveira e a esperança de Gouveia e Melo.
Do medo de Daniel Oliveira à falta de democracia na RTP

Do medo de Daniel Oliveira à falta de democracia na RTP

O diretor de Programas da SIC não arriscou quando a TVI de Cristina Ferreira andava nas lonas, e agora – parece – a estratégia passa por jogar ainda mais à defesa. Na estação pública, paga por todos os portugueses, foi inaceitável ver aquele naipe de analistas na noite das Autárquicas.
Teresa Guilherme novamente traída

Teresa Guilherme novamente traída

Cristina Ferreira disse que a TVI tinha memória. Não sei se a perdeu. Sei que a Rainha dos Reality Shows deixou o ‘Big Brother’. Hoje, aos 66 anos de idade, a apresentadora já não diz bem o que pensa, à espera de uma nova oportunidade.
Sopa requentada e o pipi da Cristina Ferreira

Sopa requentada e o pipi da Cristina Ferreira

Com a RTP a caminhar para a sua irrelevância, as duas estações privadas vão anunciando o seu armamento para a ‘rentrée’… para agarrarem espectadores e anunciantes. Mas essas novidades, espremidas, são mais do mesmo. Uma tristeza!
TVI já ganha na ficção

TVI já ganha na ficção

A estação de Queluz de Baixo vence nas novelas, mas continua a perder o dia, por grande diferença, para a SIC. O que falta, então? Falta acertar no entretenimento, por exemplo. Cristina Ferreira, a diretora que tem carta-branca para fazer o que bem entende, não acerta uma.

Mais Lidas

+ Lidas