'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

O "monstro" Rita Pereira

Actriz decidiu gozar com a TVI e a Plural, apenas a estação e a produtora que lhe deram tudo na vida e que lhe pagam um ordenado mensal de 10 mil euros .
27 de janeiro de 2018 às 08:19
...
Rita Pereira, Caraíbas
1. De forma regular, Rita Pereira gosta de ser notícia. E é, de facto. Não pelo seu talento para representar – continua a ser mediana – e muito menos para apresentar – aí, já vimos que não dá mesmo –, mas pelas fotografias do seu corpo que partilha nas redes sociais ou pelos seus comportamentos. Desta vez, decidiu gozar com a TVI e a Plural, apenas a estação e a produtora que lhe deram tudo na vida e que lhe pagam um ordenado mensal de 10 mil euros
– o mais alto de todos, bem acima de colegas consagrados como Alexandra Lencastre e Fernanda Serrano. Disse ela, num vídeo, em tom jocoso… sobre umas cadeiras (velhas?) nos estúdios de Bucelas: "Vamos lá ver uma coisa. Se calhar, ao fim de 17 anos, mudávamos esta cadeirita, Plural. Hum, TVI, ao fim de, se calhar, 20 anos, esta cadeira está inclinada e os actores caem..."

O puxão de orelhas foi tão grande, por parte dos responsáveis da estação de Queluz de Baixo, que a actriz apagou entretanto o vídeo. Tarde demais, embora o seu objectivo tenha sido alcançado: ter likes junto dos fãs e ser naturalmente falada. Repare bem, caro leitor/a: o filme não procura melhorar as condições de trabalho à sua volta, procura a graçola fácil.

Esta polémica, desnecessária, infantil e egocêntrica, prova, afinal, o que sempre tenho defendido: a TVI criou um "monstro" e, agora, não tem mão nele. Exemplos recentes não faltam: dizer aos jornalistas na apresentação da novela A Herdeira que não sabia (quase) nada da sua personagem; queixar-se de que anda esgotada com o trabalho e que precisa de férias, quando tem privilégios que mais ninguém tem; e que a estação não a deixa engravidar.

É por isso que gosto de gente grande. De profissionais talentosos, inteligentes, sérios e humildes. Em Jogo Duplo, trama que sigo com particular atenção na TVI, rendo-me a actores como Diogo Infante, João Lagarto, Rui Mendes e Vítor Norte, estes três últimos com papéis relativamente pequenos. Ou até dos "miúdos" Sara Prata, João Catarré e Afonso Pimentel. Haja alguém que ainda aposte a sério na nobreza da profissão.

2. Passou-se mais uma semana e Nuno Artur Silva continua sem se demitir da administração da RTP, após a notícia da TV Guia a dar conta de negócios pouco transparentes. E passou-se mais uma semana que ninguém o demitiu.

Este país, onde nasceram e crescem os meus filhos, é uma brincadeira pegada.

Mais notícias de O Tal Canal

As piruetas de Cristina Ferreira

As piruetas de Cristina Ferreira

A apresentadora e diretora da TVI trocou as voltas aos portugueses na quarta-feira, a ver onde é o melhor lugar para cada um, inclusive para ela. Sem admitir erros, tentando discreta e impercetivelmente arrumar de forma correta os colegas. Até quando esta desorientação estratégica?
Cristina Ferreira procura-se… e o lambe-botas também

Cristina Ferreira procura-se… e o lambe-botas também

Os três programas megalómanos da apresentadora na TVI correram mal. O que se passa? Até quando? Enquanto isso, anda aí um artista disposto a agradar-lhe… esquecendo-se de que gosta de marcar ‘paparazzi’ para ir sobrevivendo. Enfim, um Zé-ninguém.
Quem quer ser... visionário?

Quem quer ser... visionário?

O futuro da televisão passa mesmo só por Cristina Ferreira e Daniel Oliveira? Tenho saudades de Emídio Rangel e de José Eduardo Moniz, dois verdadeiros “generais”.
Maria do Céu Guerra sempre, Rui Pedro Braz nunca mais!

Maria do Céu Guerra sempre, Rui Pedro Braz nunca mais!

A atriz regressou em boa hora à televisão. Na novela ‘Festa É Festa’, da TVI, é sublime ver a sua arte para representar. Também a saída do comentador desportivo da estação para o Benfica é uma boa notícia para todos nós.
O que falta à TVI

O que falta à TVI

Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz são inferiores a Diana Chaves e João Baião, nas manhãs? Manuel Luís Goucha é pior do que Júlia Pinheiro, à tarde? Cristina Ferreira é assim tão má, no acesso ao prime time, que não ganha sequer um dia aos rivais, como Fernando Mendes? E a estratégia passar a mais “nós” e menos “eu”?
Tony Carreira: um pai destroçado

Tony Carreira: um pai destroçado

Não me interessa se a TVI esmagou nas audiências com a conversa do cantor com Manuel Luís Goucha. O que fica são as palavras de um homem marcado pela dor, mágoa, revolta, tristeza e angústia, que perdeu a filha, de 21 anos, num trágico acidente de viação.

Saber mais sobre

Mais Lidas

+ Lidas