'
Quintino Aires
Quintino Aires Isto é só uma Opinião

Notícia

Acabou

Em vez de anónimos que vamos descobrindo, agora entram na casa famosos cuja vida já é do domínio público. E porque cada um tem vários compromissos sociais e profissionais, a Endemol e a TVI protegem-nos nisto e naquilo, e nem sabemos o que é verdade e o que é mentira.
12 de junho de 2022 às 11:31
...
Bruna Gomes, Bernardo Sousa, Big Brother, final Foto: Tiago Sousa Dias/ Cofina Media

E assim termina aquilo que nem começou. Esperávamos um reality show televisivo, uma casa cheia de pessoas que poderíamos acompanhar 24 horas por dia durante várias semanas. Foi o que aprendemos a saborear durante 20 anos. A oportunidade única de observar diretamente alguém dentro de casa depois da porta fechada. Já sabemos que na rua e no trabalho as pessoas têm de fingir. Aceitamos que assim seja, pois é necessário que se protejam. Por isso nos apaixonamos pelo 'Big Brother' desde o seu nascimento na televisão portuguesa.
Já nem no 'Big Brother' a tradição é o que era. Em vez de anónimos que vamos descobrindo, agora entram na casa famosos cuja vida já é do domínio público. E porque cada um tem vários compromissos sociais e profissionais, a Endemol e a TVI protegem-nos nisto e naquilo, e nem sabemos o que é verdade e o que é mentira. Já não podemos dizer que vemos com os nossos próprios olhos ou que ouvimos com os próprios ouvidos.
Os poucos episódios de interesse acontecem fora da casa com um familiar de um ou de outro, e às vezes até com ex-namoradas. Lá dentro pouco se faz, para além de comer cereais com leite. A verdade é que nos venderam gato por lebre. Ou pior ainda, mais uma vez nos venderam gato por lebre. Não sei se voltaremos um dia a ter a sublime oportunidade de acompanhar ao vivo a vida real de gente humana dentro de uma casa. Talvez sim. Ou talvez não, mas então vou preferir acompanhar telenovelas. Pelo menos é assumido que se trata de ficção.
E por muito má que seja a história, dificilmente algum autor de telenovela se deixaria enrolar numa tão irreal história de amor como a do Bernardo com a Bruna. Gosto da vida real. Os contos de fadas já os vivi na infância. Não me entusiasmo com histórias nas quais todos são bonzinhos nem com fantasias de príncipes e princesas. Deplorável, minha saudosa ex-querida TVI.

Mais notícias de Isto é só uma Opinião

Sofrimento

Sofrimento

Depois do texto publicado na semana passada, mais uma vez foram muitas as mensagens com gente bastante irritada. Mensagens que expressavam um verdadeiro desespero, com a possibilidade de alguém dizer que talvez, eventualmente, a relação da Bruna e do Bernardo não fosse um amor eterno, como aqueles que ouvíamos na infância.
Amor

Amor

O desvario com que algumas pessoas lidam com o dito namoro entre a Bruna e o Bernardo mostra gente embrulhada nessa estranha forma de entender o amor. Ela a pensar na beleza do Brasil, ele ansioso por retomar os ralis.
Acabou

Acabou

Em vez de anónimos que vamos descobrindo, agora entram na casa famosos cuja vida já é do domínio público. E porque cada um tem vários compromissos sociais e profissionais, a Endemol e a TVI protegem-nos nisto e naquilo, e nem sabemos o que é verdade e o que é mentira.
Ninguém

Ninguém

Cabe na cabeça de alguém um concorrente entrar para um programa como este, com o objetivo de se expressar, de dizer qual a sua opinião sobre os mais variados temas, comentar o desempenho dos seus companheiros, e nunca diga nada?
Vida Real

Vida Real

Na semana passada, o Nuno e o Gonçalo envolveram-se numa zanga bem acesa. Na minha opinião, foram até bastante educados um com o outro. Nada do que ali aconteceu é para além do que fazem os seres humanos.
Salada com Cinza

Salada com Cinza

Eu ainda sou do tempo em que na casa do 'Big Brother' havia regras, e se faziam respeitar. Um tempo em que dentro da casa não se aceitava humilhar a diferença, e por isso não havia risadas em relação a crianças especiais ou em relação à identidade de género.