'
Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

Coração na boca

Por mais forte que seja o poder da escrita e o arrumo das palavras, dei por mim, a meio da entrevista, a desejar que uma câmara de televisão estivesse ligada para eternizar a crueza, as expressões e a honestidade das palavras de Judite Sousa.
23 de abril de 2018 às 20:13
...
Judite de Sousa

A última entrevista de Judite Sousa à revista 'TV Guia' veio reforçar a minha convicção sobre a nobreza deste género jornalístico. Uma entrevista, é sempre uma entrevista, independentemente de quem a faz. No entanto, existem momentos únicos, rasgos de talento que conseguem elevar certas conversas para um patamar superior.

 – Como é que uma mulher que perde um filho, o seu único filho, se consegue reerger e manter de pé? Esta foi a primeira pergunta, entre tantas, lançada por Paulo Abreu, chefe de redação da publicação da Cofina. A resposta, à semelhança de todas as outras, acaba por revelar uma mulher despida de preconceitos em assumir a dor e o sofrimento.

Ao longo de várias horas de gravação Judite Sousa faz revelações inéditas sobre si, o filho André Bessa, o divórcio com Fernando Seara, a zanga com a amiga de longa data Manuela Moura Guedes.

A que mais me sensibilizou e que tanto contribuiu para considerar esta entrevista como a melhor que já foi feita à jornalista, surge quando assume ter vivido uma infância traumática que a empurrou para o sofá de um psiquiatra aos 13 anos. "Só aos 11 anos é que o meu pai me assumiu como filha e, portanto, nesse início da minha adolescência precisei de ajuda".

A conversa com um dos principais rostos da informação da TVI foi mantida longe das câmaras e protegida entre quatro paredes.

Por mais forte que seja o poder da escrita e o arrumo das palavras, dei por mim, a meio da entrevista, a desejar que uma câmara de televisão estivesse ligada para eternizar a crueza, as expressões e a honestidade das palavras de Judite Sousa. Desta vez não foi possível, mas acredito que esse momento possa estar para breve.

Judite falou com o coração na boca e foi a protagonista de uma grande entrevista que tão cedo não irei esquecer.

Mais notícias de Por detrás da Câmara

Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Os jornalistas nunca pararam durante os últimos três meses. Ao lado dos portugueses dignificaram a missão e o compromisso de informá-los ao segundo sobre a Pandemia. Esta crise trouxe consigo a certeza de que a comunicação social é o pilar de qualquer democracia.
Parabéns CMTV!

Parabéns CMTV!

Sete anos depois a CMTV continua na linha da frente com as notícias que marcam a história do país e do mundo. O canal do 'Correio da Manhã' está mais próximo do que nunca dos portugueses na luta contra o Covid-19.
E agora, Ronaldo?

E agora, Ronaldo?

Cristiano Ronaldo vive talvez o maior drama desde que o pai faleceu em 2005. A mãe, confidente e melhor amiga continua internada no hospital depois de sofrer um AVC.
O poder da fé

O poder da fé

Na década de 90 Marco Paulo fintou o destino. A crença, a vontade de viver e servir uma autêntica legião de fãs agarraram-no à vida. Agora não será diferente.

Mais Lidas

+ Lidas