Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão Meu Amor

Notícia

Uma rede no jornal da SIC

Uma série de três grandes reportagens de boa qualidade agarrou os espectadores e deu uma lufada de ar fresco ao 'Jornal da Noite', que conseguiu ganhar três dias seguidos
08 de fevereiro de 2019 às 08:00
...
Uma rede no jornal da SIC

'A Rede' é um conjunto de três reportagens alargadas, emitidas em três dias consecutivos no 'Jornal da Noite', da SIC. A organização de uma grande reportagem em episódios é um dispositivo raro, mas eficaz, que demonstra confiança no trabalho em causa. A emissão em episódios é, também, sintoma de uma mentalidade desempoeirada, porque adapta à informação alguns truques da ficção, como o recurso ao suspense para agarrar os espectadores.

Ora, isto não é habitual na SIC, pelo que constitui novidade relevante, e veremos se frutifica. O tema da reportagem é um embuste criado nas redes sociais, que envolveu pessoas desconhecidas numa torrente de emoções que acabou por ter consequências dramáticas para a sanidade mental de quem foi apanhado. Os três episódios desenvolveram-se num crescendo rumo à descodificação do criminoso, ou seja, de quem inventou pessoas, relações e sentimentos e as envolveu numa rede falsa com vítimas verdadeiras.

A surpresa final, ao descobrir-se que a culpada era uma professora absolutamente normal, é um desenlace de enorme qualidade. Muitas vezes, o problema das reportagens grandes, também designadas por grandes reportagens, é um certo deslumbramento do jornalista consigo próprio, que faz prevalecer a linguagem adjetivada sobre a própria realidade. No caso de [Conceição] Lino, a narrativa é escorreita, a linguagem depurada e há um respeito absoluto pelos factos. Resultado: deu gosto ver, e o jornal da SIC liderou nos três dias em que 'A Rede' nos enleou a todos na sua narrativa de qualidade.

EM DEFESA DE MARIA
Quando Goucha troca o nome de Cerqueira Gomes e a trata por "Cristina", isso é mais do que um ato falhado. É sintoma do que aí vem, mais tarde ou mais cedo. Antes que Maria Cerqueira Gomes seja culpabilizada pelo flop das manhãs, fica já aqui dito: ela é a menos culpada pelo falhanço do 'Você na TV!'. 

VIDEOÁRBITRO
Extraordinário espetáculo de televisão, o Sporting-Benfica de domingo passado. O videoárbitro está quase no ponto, com a ótima solução encontrada que permite ao espectador acompanhar as imagens que esclarecem as dúvidas, ao mesmo tempo que o árbitro de campo. Uma ressalva: para a TV, o facto de os jogos serem à tarde empobrece o espetáculo. 

GENTE QUE NÃO SABE ESTAR
Há um caso de amor entre o país e Ricardo Araújo Pereira. Esse caso de amor tem agora uma nova manifestação. Desde o primeiro episódio, Araújo Pereira lidera e puxa o resultado do jornal da TVI para cima. As ideias geniais, como a de medir o atraso da Justiça pelo ritmo do cante alentejano ao longo do primeiro alinhamento, enchem a televisão de inteligência. A rubrica ocupa o espaço que já foi do comentador Marcelo, pelo que é arriscado prever qual a evolução que vai ter o "gente que não sabe estar". 

TENSÃO NA RTP
A nova direção de Informação tarda a dar sinais de melhoria. O 'Telejornal' não faz a diferença, a RTP3 aproxima-se do padrão "BolaTV". Esta semana houve plenário explosivo. Flor Pedroso diz que aceitou o desafio, não por um imperativo jornalístico, mas porque "estava cá o Tó Zé Teixeira", indispondo os outros elementos da sua equipa. Não há segunda oportunidade para causar uma boa primeira impressão!

Mais notícias de Televisão meu amor

'MAX' destrói as 7 da tarde   

'MAX' destrói as 7 da tarde  

No período de acesso ao horário nobre, o cão-inspetor está a fazer resultados desastrosos, mostrando a desorientação do canal nesta fase em que tudo parece correr mal a Queluz de Baixo.
Nus e sem audiências

Nus e sem audiências

Começar do Zero voltou a perder, e ficou a cerca de 300 mil espectadores do concorrente da SIC. Análise a um formato que leva os reality shows a bater no fundo.
SIC, líder até quando?

SIC, líder até quando?

Março representa a consagração da nova estratégia da estação de Balsemão. A distância para a TVI já é considerável e tem tendência para se alargar nos próximos meses.
Fala o marido de Goucha

Fala o marido de Goucha

"Estação não tem estrutura profissional." O melhor diagnóstico sobre o que se passa na TVI não foi feito por nenhum diretor nem administrador da empresa. Foi Rui Oliveira quem melhor explicou o que esteve na origem da súbita derrota da TVI.
Histórias da Carochinha

Histórias da Carochinha

Os agricultores da SIC derrotaram as mães da TVI. Ambos procuram mulheres, no caso da SIC para os próprios, no caso da TVI para os filhos. O amor passou a ser o centro da televisão generalista “à portuguesa”.
Estes políticos ABUSAM!

Estes políticos ABUSAM!

Depois de o Presidente Marcelo ter telefonado, agora foi a vez do Primeiro-Ministro ir a estúdio, e levou a família toda. As conversas amenas com políticos começam a ser contraproducentes para... os políticos

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!