Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão Meu Amor

RTP1: o poço sem fundo 

O primeiro canal da TV do Estado teve apenas 7,7% de share, no domingo. Foi um dia com uma grelha perfeitamente normal. Isso indicia que estamos perante um fenómeno de queda sustentada, e sem fim à vista.

Uma rede no jornal da SIC

Uma série de três grandes reportagens de boa qualidade agarrou os espectadores e deu uma lufada de ar fresco ao 'Jornal da Noite', que conseguiu ganhar três dias seguidos

E o vencedor é...

... a TVI, que consegue ganhar janeiro e mantém a liderança desde julho de 2006. A SIC falha o assalto ao primeiro lugar e descobre que é agora uma estação a duas velocidades: há a SIC de Cristina e há a outra..

A imagem não é tudo

Na sociedade moderna, a proliferação de telemóveis multiplica até ao infinito a recolha de imagens. Cabe aos jornalistas descodificar a verdadeira história por trás de cada vídeo amador.

A crise dos telejornais

Entre nós, ressurge regularmente o debate sobre a duração dos jornais televisivos. Em Espanha, a partir de 15 de fevereiro, a estação Cuatro vai acabar, pura e simplesmente, com a informação.

Vamos à casa da Cristina

O estúdio dá a ideia de que partilhamos o dia com a apresentadora, no local onde ela vive, e onde faz questão de nos receber. Aplicar o conceito do Big Brother às manhãs é a principal inovação do formato. Estreia na SIC arrasou a concorrência.

Um mercado sem líder 

A RTP1 fechou 2018 a crescer, a SIC terminou como começou e a TVI deu um tombo gigantesco. O ano novo arranca sem um líder claro de mercado, uma situação inédita em mais de uma década.

Cristina, Daniel e Eurovisão

A transferência da apresentadora, a mudança na liderança de Carnaxide, a Eurovisão em Lisboa e o ataque das generalistas à medição de audiências são os factos do ano que ficarão para a História.

Vamos todos a Paris  

Ao fim de poucas semanas de violência, o presidente de França fez uma comunicação ao país, pela televisão, que constitui um exemplo perfeito de como um político não deve gerir uma crise como esta.

Moniz, Deus ou Diabo?

A nova tendência da informação da TVI é multiplicar rubricas. Depois de Sousa Tavares à segunda-feira, agora é a vez do antigo director-geral executar mais de 20 minutos do noticiário principal da estação.

O programa do ano

O reality show é um fenómeno e está a desorientar a TVI, que menosprezou a ameaça e acabou por sacrificar, no caminho, a apresentadora Fátima Lopes.

A festa BRAVA na RTP 

O Primeiro-Ministro António Costa diz que fica "chocado" por a televisão do Estado transmitir espectáculos tauromáquicos, mas que não lhe ocorre "proibi-los". Haverá espaço para a tourada na RTP? 

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável