Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do Amor

Notícia

Fosso

Fosso: s.m. Aquilo que separa os apaixonados dos equivocados. A seriedade é, de entre todas as formas de morte, a mais letal das fraudes.
23 de janeiro de 2017 às 00:00
...
Fosso
Foto: Getty Images

– Pessoas sempre felizes? Que tristeza, não?

E segue pela rua, com aquele seu ar desprendido, gingão, de quem nada tem a perder – e muito menos a ganhar: "Deus me livre", diria ela, se nos lesse agora.

– Era quase viúva.

Relacionadas Efémero Duelo Conforto

– Quase rica – corrigiu ela.

– Fugi a tempo de ter coisas a perder.

Ninguém sabe muito mais do que isso sobre esta mulher que, todos os dias, se deita para dormir naquele local da cidade. Sabe-se ainda que é linda de morrer e que já muitos a quiseram levar para casa. Ela recusou sempre e soube defender-se a preceito: o chefe da esquadra local está sempre com um ou dois polícias de olho, não vá o diabo fazer das suas.

– Balearam-no no coração. Felizmente não tinha.

Ri-se sempre que conta esta história, de amor e de guerra, "perdoem-me a redundância, sim?". Terá sido, em tempos – são alguns os que asseveram conhecer-lhe a cara das revistas da alta sociedade. Ela não comenta e segue em frente, com o seu vestido de marca roçado e sujo e os seus sapatos de salto alto partidos em meio salto ou mais.

– O amor matou-me e depois salvou-me.

Sai-se com esta perante um grupo de turistas que andam por ali, e di-lo em inglês perfeito, para não deixar dúvidas, para que todos saibam que os mendigos deste país são mendigos de categoria, que sabem falar em várias línguas – e sabem pedir em várias línguas.

– Mostrei-lhes simpatia. E o dedo do meio.

Ela é assim mesmo: não teme mostrar o que sente quando sente o que tem de sentir. Por vezes, chateia-se com a falta de chá dos mais jovens, outras vezes chateia-se com a preguiça para viver dos mais velhos. E já foram muitos os que ela salvou com essa sua postura – há até quem diga que o presidente da câmara, ele mesmo, a procura sempre que tem uma grande decisão para tomar, será?

– Todos querem ser ricos. Pobres coitados.

Abominava o dinheiro: era, para si, um ser repelente, abominável. Provavelmente terá tido, na sua vida, experiências que a faziam pensar assim. Certo é que jamais alguém a terá visto mexer em moedas ou notas desde que mora ali, no meio dos que não têm onde morar. Vive da comida e da bebida que lhe dão: "basta-nos comer e beber para sermos felizes, não é?".

– Depois da riqueza só sobram pobres.

E enfia mais um pedaço de pão na boca, enquanto à volta os turistas a olham como se ela fosse uma criatura rara, daquelas que não voltarão a ter a oportunidade de ver. E é.

– Sou genial. Mas os burros desconhecem.

E tu: conheces?

Fosso: s.m. O mesmo que desequilíbrio estável. Só os que não temem o desequilíbrio conseguem equilibrar o mundo.

Mais notícias de O Tal Canal

Cheira a mentira

Cheira a mentira

As casas dos agricultores no ‘reality show’ de Andreia Rodrigues, sabe-se agora, são todas falsas. Resta dizer: é lamentável a SIC enganar o espectador desta maneira. Já o ‘Big Brother’, que parte sempre em desvantagem na TVI, começa a cantar vitória.
Bruno Nogueira na TVI

Bruno Nogueira na TVI

O protagonista de ‘E Como É Que O Bicho Mexe?’ prendeu no último live, no Instagram, 170 mil pessoas, incluindo Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes. Seria uma grande contratação da estação de Queluz de Baixo para fazer frente a Ricardo Araújo Pereira, na SIC, mas será que o dinheiro e a estabilidade só chegam para ir buscar Marco Horácio?
A TVI tem (bom) destino

A TVI tem (bom) destino

A nova novela da estação de Queluz de Baixo, gravada no Ribatejo, é um bálsamo na ficção nacional, com Pedro Teixeira em bom plano e outros atores a assinarem interpretações fantásticas. Luís Esparteiro, Marina Mota e Pedro Sousa são três rostos deste sucesso.
O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O que sobrou de útil da entrevista do jornalista da SIC à ministra da Saúde, Marta Temido, na SIC? Muito pouco, comparado com o ruído criado – e as centenas de insultos. E quando assim é, alguém fez mal o seu trabalho.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;