Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do amor

Notícia

O amor é...

...um erro que deu certo.
04 de dezembro de 2018 às 17:22
...
O amor é...

Estranhamente, sentia-se capaz de mudar o mundo naquele dia. Ele, o rapaz tímido sentado na última fila da aula de português, haveria de ser o inventor de algo que fizesse uma revolução: "a revolução é uma questão de perspectiva, na verdade. Muitos já fizeram uma revolução e pensaram apenas ter cometido um erro. Toda a revolução é um erro que deu certo", pensou, e sem perceber disse também, para espanto de toda a gente naquela sala, a começar pela professora Deolinda, coisa pouco importante, e a acabar na Júlia, a rapariga mais esperta da turma e que não estava habituada a ver o cromo com quem ninguém falava a falar — e muito menos a pensar.

Quando pensas pela tua cabeça o mundo muda — mas esquece o que eu acabei de dizer. Pensa pela tua cabeça.

No recreio, continuava sozinho como sempre — mas era passageiro.
— Olá.
— Olá.
— Gostei do que disseste.
— O que disse?
— Sim.
— ...
— Na aula.
— Qual aula?
— Aquilo da revolução.
— Ah.
— Gostei.
— ...
— Podias agradecer.
— E agradeci. O silêncio é o maior dos agradecimentos. Quando alguém nos ouve está a agradecer-nos a nossa presença. Ouvir é respeitar. 
Júlia ouviu mas não respeitou. Pelo menos a boca dele — que, sem ela compreender como, já estava colada à sua. 

"Ama-se o que nos tira de nós e nos leva ao encontro de nós. Somos mais nós quando amamos. Vemos mais longe, vemos com amor dentro — e o amor, apesar de cegar, faz ver com amor dentro. Tudo é mais bonito com amor. Só existe beleza com amor. Quando se ama, a beleza acontece. Aconteceu-me, um certo dia, acreditar que estava nas minhas mãos a revolução, que ingenuidade. A revolução estava, isso sim, nas tuas mãos. Desde que estivessem entrelaçadas com as minhas, claro. Queres fazer uma revolução comigo?"

Foram os votos de casamento mais aplaudidos da história daquela igreja, até porque era o primeiro casamento alguma vez ali celebrado. Mas que direito tem um facto de impedir um beijo?

Antes fugir um pouco da verdade do que fugir um pouco do amor. Até porque quando se foge um pouco do amor foge-se todo do amor. E quando se foge todo do amor foge-se por inteiro da vida. E quando — bem, já chega.

E viveram revolucionários para sempre. 

Roubo: s.m. Deixar de tentar amar. Só quem desiste de um abraço é extorquido de algo valioso.

Mais notícias de O Tal Canal

Desastre fatal

Desastre fatal

A nova novela da TVI, 'Na Corda Bamba', confirma o pior dos cenários: nada do que passa na estação de Queluz de Baixo reúne a preferência dos portugueses.
2 políticos, 3 jornalistas

2 políticos, 3 jornalistas

Numa originalidade portuguesa, o duelo entre Costa e Rio teve mais moderadores que candidatos a primeiro-ministro. Resultado: um pequeno caos que em nada ajudou nem os políticos, nem os eleitores.
Endless Summer

Endless Summer

Quando me canso de tanto sossego, vou até à praia e imagino-te em cima de uma prancha à espera da onda da tua vida.
Xeque-mate

Xeque-mate

Os pergaminhos de Ricardo Araújo Pereira dispensam qualquer tipo de encómio. O talento e a genialidade comumente reconhecidos aliados aos rasgos únicos de espontaneidade fazem dele um trunfo que qualquer canal de televisão gostaria de ter.
TVI em chamas

TVI em chamas

O Programa de Fernanda Serrano antes do 'Jornal das 8' não lembra a ninguém. E as audiências são implacáveis – perdão, os portugueses. A primeira aposta de Felipa Garnel é um fracasso.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!