Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão meu amor

Notícia

A ferida da SIC Notícias

Emissão em simultâneo do Jornal da Noite, da SIC, no canal 5 é um sintoma da menorização simbólica de uma televisão que já foi marca distintiva do projecto de Francisco Pinto Balsemão.
14 de abril de 2017 às 09:00
Os canais de cabo criados pelas estações generalistas vivem uma profunda crise de identidade e estão a ser vítimas de uma desvalorização simbólica que não é boa para ninguém: nem para as próprias estações, nem para as operadoras de cabo, nem para os espectadores.

Quando uma entrevista ou um programa de debate começa no canal-mãe e continua no irmão do cabo, a mensagem que passa é a da menorização de um produto que nasceu para ser distintivo, com ADN próprio e qualidade supostamente superior. Isto acontece regularmente, quer em entrevistas na TVI (Bruno de Carvalho foi um dos exemplos mais recentes), quer em programas da RTP (como o 'Sexta às 9' que se transforma em 'Sexta às 11').

Mas a decisão mais grave de todas aconteceu quando os telejornais principais, das 20 horas, começaram a ser emitidos ao mesmo tempo na generalista e no cabo. Quem o fez em primeiro lugar foi a TVI, mas, curiosamente, assim que a SIC imitou a estação de Queluz de Baixo, o canal 4 recuou. Como se de um golpe de judo se tratasse, quando a SIC Notícias pensava estar a responder a um ataque da TVI24, acabou por ficar sozinha a arcar com esse peso.

Desta forma, a presença do 'Jornal da Noite' na antena da SIC Notícias é uma espécie de cicatriz permanente no canal que foi criado com o objectivo de liderar a informação, e que assim se vê reduzido a uma espécie de satélite da irmã mais velha, a qual, ainda por cima, sai prejudicada nas audiências com esta partilha. Não há maior sintoma da destruição simbólica de valor de um canal que já foi marca distintiva do projecto de Balsemão.

Mais notícias de O Tal Canal

Rita Pereira destruída

Rita Pereira destruída

Cristina Ferreira deu uma entrevista a Rodrigo Guedes de Carvalho, na SIC, e a TVI respondeu com uma de Rita Pereira, a José Alberto Carvalho. Resultado? Meio milhão de espectadores a mais para a nova estrela de Carnaxide. Pior era impossível para a actriz.
Cristina esmaga a TVI

Cristina esmaga a TVI

Nova estrela da SIC foi ao 'Jornal da Noite'. A entrevista da nova rainha de Carnaxide derrotou Rita Pereira, no 'Jornal das 8', e facilitou uma estreia de sonho à nova novela da SIC. As manhãs serão suficientes para o furacão de audiências que aí vem?
Camisa Branca

Camisa Branca

A Beatriz chegou atrasada ao jantar lá em casa. Tínhamos marcado com uma semana de antecedência, miúdas às terças, a ver se depois do Verão conseguimos criar o hábito de nos juntarmos uma vez por semana.
Relógio

Relógio

Relógio: s.m. Objecto inventado para calar vazios; quem não tem o que olhar olha para o relógio.
Desilusão

Desilusão

Cristina Ferreira tem demonstrado ser suficientemente genuína para arregimentar milhares de seguidores, seja na televisão ou nas redes sociais, e não precisa de começar a dizer o que os outros querem ouvir apenas e só para parecer bem.
Dezassete anos depois

Dezassete anos depois

Foi a agonia e morte das Torres Gémeas, onde o psicodrama foi mais intenso, que ficou na memória de todos quantos assistiram ao desenrolar da barbárie. E, desde então, o mundo não voltou a ser igual.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável