José Pestana
José Pestana

Notícia

A visita de Marcelo a São Tomé e Príncipe de afectos e emoção com sotaque

José Pestana, um dos mais conhecidos relações públicas de Portugal, recorda como foi a acompanhar a viagem do Presidente da República a este país africano.
23 de março de 2018 às 18:32
A viagem de Marcelo a São Tomé e Príncipe vista por José Pestana
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo
Marcelo

A última vez que julgo ter estado em África com Marcelo Rebelo de Sousa, foi num programa oficial, em 5 de Julho de 1975 nas cerimónias da Independia de Cabo Verde. O arquipélago das 10 ilhas na rota do Atlântico Sul, desabitadas até ao século XV, altura em que foram encontradas pelos navegadores portugueses, que a partir daquela tornavam-se independentes do Terreiro do Paço, passando a designar-se República de Cabo Verde. Na altura (há 43 anos) prestava serviço militar na Força Aérea, numa esquadra já extinta (Boeing B707) que além de outras missões, Air Force One, quando subia a bordo a bordo o Mais Alto Magistrado da Nação e Comandante em Chefe das Forças Armadas, também transportavam o Governo em viagens oficiais (na ocasião o então Primeiro-Ministro, Vasco Gonçalves). O jornalista Marcelo Rebelo de Sousa seguia nessa comitiva, na zona da cabine destinada à imprensa, em serviço para o EXPRESSO e face a uma já existente mútua simpatia, foi sempre bem informado por fonte EM OFF do que se passava à frente. 

Agora a Lei das Procedências do Protocolo do Estado manda tratar o Professor Marcelo Rebelo de Sousa, por Sua Excelência O Presidente da República, ou de maneira informal por Senhor Presidente da República, tratamento que assume um particular orgulho, tratando-se de uma pessoa extraordinária, com quem nos cruzámos ao longo dos anos. Aconteceu numa campanha autárquica, na Câmara Municipal de Lisboa, onde o Professor Marcelo, foi Vereador sem Pelouro (nunca faltando a reuniões de câmara), em convívios sociais. Na qualidade de director de Relações Exteriores da euroAtlantic airways, do empresário (também hiperactivo) Tomaz Metello, detentor maioritário do capital da STP AIRWAYS, proporcionou-se poder estar no Paraíso do Golfo da Guiné, que não fosse o investidor na companhia aérea nacional são-tomense estar a finalizar a compra dos três novos Boeing B763-300 da euroAtlantic, teria viajado para S. Tomé, afim saudar um Presidente com quem divide uma paixão séria, o karaté.

Marcelo Rebelo de Sousa divertido em São Tomé e Príncipe
Marcelo regista o momento com 'selfie' em São Tomé e Príncipe.
Presidente da República divertido entre populares de São Tomé e Príncipe.
Presidente Marcelo pretende aproximar Portugal e São Tomé e Príncipe.
marcelo rebelo de sousa
 marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
 marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa e os reis espanhóis
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
 marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
 marcelo rebelo de sousa
marcelo rebelo de sousa
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa e os reis espanhóis

No protocolo habituamo-nos a praticas como o "abre" o mesmo dizer, não interferir no plateau de uma entidade ou candidato, mas em S. Tomé e no Príncipe fruto das circunstâncias, houve uma cedência, depois de décadas a pisar África, antes e depois, ver aquele povo a saudar, abraçar, beijar com tanto ardor um Presidente que foi colonizador, quereria estar em Angola, no dia que em Luanda possa acontecer assim, contagiou todos os corações. A foto reproduzida na SÁBADO por um homem bom e grande jornalista, Alexandre Pais, levou a querida Luísa Jeremias a pedir que escrevesse para a sua FLASH! algumas linhas que reproduzissem uma visita de "afectos e emoção com sotaque". Aconteceu isso na praça Yon Gato, onde Marcelo recebeu o primeiro grande banho de multidão, acompanhado pelo Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, que saúde-se, está a modernizar o país em todos os domínios.  Um cenário repetido em toda a agenda, na inauguração do campo de futebol da Obra das Irmãs Franciscanas na cidade de Neves, Marcelo, tão compenetrado do papel de árbitro no jogo de inaugural, deve ter-se esquecido, ali os caranguejos, são coisa gourmet. 

Um momento que muito terá tocado um amigo e compatriota, o Bispo de São Tomé e Príncipe (a diocese data de 1534 Papa Paulo III) Dom Manuel dos Santos, que no sábado anterior à chegada do Presidente Marcelo, celebrou 11 anos de nomeação como Bispo, foi ter assistido ao nosso Mais Alto Magistrado da Nação, depois da visita e das honras no Palácio Presidencial, frente à Catedral de S. Tomé, onde há sete anos esteve exposta à adoração a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, transportada pela STP AIRWAYS, deixar a comitiva, quebrar o protocolo e dirigir a pé à igreja.

A carregar o vídeo ...

O terceiro dia de Marcelo em São Tomé na ilha do Príncipe, onde imperam, António José Cassandra (Governador da região autónoma), Tó Zé para as gentes da ilha e o "homem da lua" apelido do milionário sul-africano, Mark Shuttleworth, primeiro africano que viajou para o Espaço, dono da Here Be Dragons (HBD) dos resorts ecológicos, Hotel Roça  Sundy e do Bom Bom Resort, que naquela parte das Ilhas do Chocolate (nos catálogos agentes de viagens franceses e belgas) desenvolve um projecto de milhões em Turismo sustentável. O Príncipe não conteve enquanto não viu Marcelo, centenas de miúdos que o aguardavam à chegada, como as formalidades da praxe no interior da pequena aerogare demoravam, em coro gritavam num português com sotaque, Marcelo quedê você - eu estou aqui pra ti ver, ouviu-se uma explosão de alegria quando o Presidente saiu para o exterior, distribuiu beijos, abraços, dançou, subiu uma barreira por entre a multidão, passou para uma segunda estrada, entrou por portas e quintais. O "homem da lua" ganhou um rival que prometeu voltar, talvez já no próximo ano para celebrar os 100 anos da Teoria da Relatividade, quando um astrónomo inglês Eddington em 25 de Maio de 1919, observou um eclipse solar a parir da Roça Sundy, provou que Einstein tinha razão. Existem ainda outras razões científicas para o Presidente para voltar, não conheceu a linha do Equador desenhada no ilhéu da Rolas pelo Almirante Gago Coutinho, como ainda a questão da comprovação da Teoria da Relatividade, teve mão portuguesa, por via da Sociedade de Geografia de Lisboa, que no auge da I Grande Guerra Mundial, ajudou a Royal Geographical Society de Londres, nos preparativos da viagem de Eddington para o Principe, com o Funchal na rota do astrónomo. 

Veja as selfies e os beijos que Marcelo Rebelo de Sousa anda a distribuir em São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe
Marcelo Rebelo de Sousa / São Tomé e Príncipe

Uma Viagem Presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa repleta de afectos, um dia no Príncipe particular emoções, voltar a ver um Hercules C130 da Fora Aérea Portuguesa a aterrar, em menos de metade dos 1,850 metros da pista do renovado aeroporto construído pela Mota Engil (16,1 milhões de euros), pagos HBD onde só faltou para aos jornalistas, uma ilustração de um presidencial mergulho, que também muito agradaria aos agentes da PSP do Corpo de Segurança Pessoal, que tiveram de fazer um curso de nadador salvador, para esquecerem as água frias de Inverno na baía de Cascais. 

Uma óptima sugestão para fazer o roteiro de Marcelo em São Tomé e Príncipe pode ser encontrada em www.sonhando.pt

* escreve na antiga ortografia

Mais notícias de No meu Sofá

Os murros de José Alberto Carvalho

Os murros de José Alberto Carvalho

Morreu-lhe uma tia, de 93 anos, e não pôde despedir-se dela. Era a sua segunda mãe. O jornalista da TVI partilhou os seus sentimentos em direto, no Jornal das 8, e deu-nos uma lição. A chorar por dentro, mas de pé. Como as árvores.
Venceremos!

Venceremos!

A TVI copiou a ‘Terra Brava’? E a SIC copiou quem? O que interessa é que ‘Quer o Destino’ é uma boa novela. Quando o balão de Bárbara Guimarães começa a esvaziar e Cristina Ferreira se fechou em casa, Jorge Gabriel ou Tânia Ribas de Oliveira assumem uma missão. Parabéns!
Vou ali e já venho

Vou ali e já venho

Tenho 44 anos e herdei um andar no Dafundo, perto da estação. Era a casa dos meus avós, como sou filha única e neta única do lado da minha mãe, ela ofereceu-mo quando me licenciei. Agora estou fechada em casa como o resto do mundo e dou aulas aos meus alunos pelo computador.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;