'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Acabou em amor

‘Terra Brava’ tem tudo, desde Mariza a João Catarré e Mariana Monteiro, passando por Carlos do Carmo e o Alqueva, até aos cavalos e a pequena vila. E não é de estranhar por isso que seja já líder de audiências em Portugal. Estou apaixonado pela nova novela da SIC.
09 de novembro de 2019 às 07:00
...
Cena de Terra Brava Foto: DR

Uma agrónoma voa em cima de um cavalo numa lezíria infinita, com o gado à volta. Ouve-se ‘Estrela da Tarde’, poema de José Carlos Ary dos Santos, eternizado pela voz de Carlos do Carmo. Vê-se o Alqueva, essa obra-prima que levou décadas a ser concretizada no Alentejo. Temos trabalhadores rurais a apanhar azeitona na herdade. Cheira a terra. Há enxadas, feno. Vinho e azeite. Temos também o típico café central da vila, onde se bebe uma cerveja e se coloca a bisbilhotice em dia. Fica perto da igreja. Há ainda o herói militar que honrou a pátria na República Centro-Africana.

Sim, voltei a viciar-me numa novela. Chama-se ‘Terra Brava’ e estreou a 28 de outubro na SIC. É vista em média por 1 milhão e 385 mil espectadores. É líder indiscutível
de audiências. Claro que é. A banda sonora é de Mariza – ‘Melhor de Mim’ –, mas a trama tem Viviane, Fernando Tordo, The Gift, Jorge Palma e Ana Bacalhau. Tudo para "pintar" as histórias do agente da PJ já reformado, de militares da GNR que pouco ou nada dignificam a farda, da ex-ministra da Agricultura que enriqueceu a roubar e a "matar", do marido que bate na mulher, da criança que ficou tetraplégica, do presidente da Câmara, do bar noturno onde quase todos vão ver as meninas mas ninguém o assume, e até de um jovem casal que arranha o francês, uma maneira inteligente de piscar o olho aos milhares de ex-emigrantes.

Sim, a continuar com esta qualidade, a história de Inês Gomes será um marco na ficção nacional e um prémio para os atores que integram o elenco de ‘Terra Brava’. João Catarré e Mariana Monteiro, os protagonistas, estão (quase) perfeitos. Maria João Luís, Sara Matos, Marcantónio Del Carlo, Luciana Abreu, Virgílio Castelo e Noémia Costa são outras das estrelas a prenderem-nos ao pequeno ecrã. 

Sim, voltei a ver uma novela com atenção, depois de ‘Avenida Brasil’, em 2012. ‘Terra Brava’ é o País no seu esplendor. Tem o Afonso, a Maria Eduarda, a Cristina, o Francisco, a Arminda e o Henrique. É uma novela portuguesa feita para os portugueses, como a TVI já fez há muitos anos e parece inexplicavelmente ter desaprendido. O melhor exemplo é ‘Prisioneira’, que passou pela Tunísia e tem como protagonistas Omar e Samira. Faz toda a diferença, certo?

Mais notícias de O Tal Canal

O futuro da TVI (também) passa pela união

O futuro da TVI (também) passa pela união

Cristina Ferreira anunciou uma série de novidades da estação para 2021 e acredita que é com elas que vai roubar a liderança das audiências à SIC. Para já, em Paço de Arcos não há uma reação. É natural, porque todos os cuidados são poucos… Afinal, um erro pode deitar tudo a perder.
Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Regressou à TVI, inventou um programa só para si, uma vez por semana, sem dia certo, gastou 300 mil euros e agora ‘Dia de Cristina’ chega ao fim em dezembro, após três meses de vida. Uma derrota em toda a linha para a apresentadora, diretora e acionista da estação.
A traição de Maria Cerqueira Gomes

A traição de Maria Cerqueira Gomes

A apresentadora fez um balanço da sua experiência em ‘Você na TV!’ e veio agora dizer que Manuel Luís Goucha nem sempre a ajudou, principalmente quando o colega estava "sem rumo" e "atiçado". Tudo escarrapachado na revista de Cristina Ferreira, diretora e acionista da TVI. Incrível!
A televisão salva vidas

A televisão salva vidas

Cristina foi ao 'Você na TV' e contou o seu isolamento profilático. Os afortunados espetadores terão aprendido mais sobre a Covid naqueles minutos do que em meses de comunicação institucional. O programa contribuiu para salvar vidas.
Mais pancada em Teresa Guilherme

Mais pancada em Teresa Guilherme

Apresentadora do ‘Big Brother’ volta a ser atacada, e dentro da própria casa: a TVI. Até quando irá ficar em silêncio? Ou até quando irá fingir que está tudo bem?
O "eu" perde sempre

O "eu" perde sempre

Quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: “Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer". Ou seja, a SIC.

Mais Lidas

+ Lidas