Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

El Portugués

Paulo Futre não conseguiu conter as lágrimas no programa 'Liga D´Ouro', emitido pela CMTV, quando Octávio Machado lhe lançou um elogio. As palavras do ex-treinador desmontaram-lhe o rosto, quase sempre sorridente, e revelaram ao país um homem sensível, humilde.
16 de abril de 2018 às 15:59
...
El Portugués

Os momentos de televisão, sem máscaras, que prendem o telespetador de forma genuína são os mais valiosos, para quem os torna possível, mas também para quem conhece de perto os protagonistas.

Paulo Futre não conseguiu conter as lágrimas no programa 'Liga D'Ouro', emitido pela CMTV, quando Octávio Machado lhe lançou um elogio. As palavras do ex-treinador desmontaram-lhe o rosto, quase sempre sorridente, e revelaram ao país um homem sensível, humilde e acima de tudo muito agarrado aos anos em que viveu feliz com a camisola do FC Porto.

O Paulinho é isto tudo e muito mais. Durante praticamente um ano fui a sua sombra, no âmbito de um espaço de opinião que assinava para a revista 'TV Guia'. O constrangimento inicial, pelo facto de estar a lidar, ao segundo, com um dos melhores jogadores portugueses de todos os tempos, rapidamente se esbateu dando lugar a uma amizade que espero manter até ao último sopro.

A carregar o vídeo ...

"Dino (tal como carinhosamente me trata), vamos almoçar. Depois avançamos para a reportagem", dizia-me o Futre. Já havia passado cerca de uma hora desde que tinha chegado à receção do Hotel Al Foz, em Alcochete. Trocámos um abraço e seguimos caminho. Ele não tem relógio, mas nunca adia um compromisso, ele ferve em pouca água, mas nunca deixa de fazer as pazes após acesa discussão.

O Paulo Futre é, hoje, o que sempre foi dentro das quatro linhas: imprevisível, explosivo, talentoso. Numa altura em que se duvida de quase tudo, posso asseverar que as lágrimas, em resposta às palavras de apreço do Mister, foram verdadeiras e assinaram um momento raro de televisão que jamais esquecerei. Obrigado Paulinho...

Mais notícias de Dicionário do Amor

José Eduardo Moniz é o grande chefe

José Eduardo Moniz é o grande chefe

Bruno Santos é o director-geral da TVI. E Moniz “apenas” consultor da estação. Mas que manda em Queluz de Baixo… manda. As palavras de Goucha estão aí para o provar
Limpa-neves, procura-se

Limpa-neves, procura-se

É sempre lindo ver uma mulher a derreter. É como uma montanha que se livra da neve para florescer na Primavera seguinte sempre mais verde.
O motim

O motim

Ser carcereiro deve ser uma das piores profissões do mundo. Ainda por cima muito mal pagos. No caso português, mal pagos, com falta de efectivos, e sem expectativa. O crime dos guardas prisionais é a sua profissão.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!