Luísa Jeremias
Luísa Jeremias No meu Sofá

Notícia

Em equipa que ganha não se mexe

Se a fórmula 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' resultara num simples reality show, por que não dar seguimento no produto mais acarinhado: a novela? Foi o que a SIC fez.
03 de novembro de 2019 às 17:07
...
Em equipa que ganha não se mexe
Foto: Liliana Pereira
'Terra Brava' estreou na SIC com a competência que se esperava. O que quer isto dizer? Muito simples.

Começamos pelo produto. A fórmula 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' estava testada e com excelentes resultados à vista: o espectador português mostrara estar ávido de campo, de lindas paisagens da nossa terra, que lhe dissessem algo (não paisagens da Turquia nem do Líbano e muito menos do deserto tunisino). Então, se a fórmula resultara num simples reality show, por que não dar seguimento no produto mais acarinhado: a novela? Foi o que a SIC fez. Começou por experimentar em 'Nazaré', recheando a novela de paisagens de mar azul-turquesa, e dá seguimento, mas em versão campo, em 'Terra Brava'.

...
Quem quer Namorar com o Agricultor
Há, porém, uma imensa diferença entre as duas produções: enquanto 'Nazaré' é uma novela quase juvenil – podia perfeitamente passar num horário de fim de dia, sem chocar ninguém –, com um texto que deixa muito a desejar e na qual o corpo da protagonista, Carolina Loureiro, vale mais do que mil palavras, em 'Terra Brava' a conversa é outra.

...
Carolina Loureiro, Nazaré
A novela merece palmas pela harmonia entre as partes: excelentes cenários, boa fotografia, belíssima edição das cenas, bom texto, bom casting e um toque final: a música que apela ao imaginário do espectador. Estrela da Tarde, um poema de José Carlos Ary dos Santos, que concorreu ao festival da canção pela voz de Carlos do Carmo em 1976, dá aquele arrepio a todos os que se lembram do Portugal pós-revolucionário. 'Touché'!

A este cozinhado bem pensado e executado na perfeição há que juntar o toque de mestre final: a forma como é "empratado" para o espectador. Tudo muito prático. Depois de dois dias de apresentação em horário nobre a novela estreia da seguinte forma: Rodrigo Guedes de Carvalho despede-se no 'Jornal da Noite' dizendo ao público que agora se segue 'Terra Brava'. A novela arranca, sem genérico, e segue, a excelente ritmo. Quando termina, sem intervalos comerciais cola com 'Nazaré' e, só terminado tudo, quando o espectador já precisa de se levantar do sofá – nem que seja para um chichizinho – entra a publicidade e depois, toma lá 'Golpe de Sorte' e 'Casados'.

Chega, ou querem que explique melhor a fórmula do sucesso?

...
João Catarré e Mariana Monteiro em Terra Brava Foto: Liliana Pereira

Mais notícias de Pessoas Como Nós

A menina Clarinha e eu

A menina Clarinha e eu

Não sei quantas vezes tentei esquecer-te, talvez menos do que tu e mais do que o meu coração aguenta, a única que sinto é que, cada vez que a dou espaço à razão, o meu coração começa a encolher-se como um bolo sem fermento, a vida fica sem açúcar e os dias sem sabor.
SIC ataca (e bem) a TVI

SIC ataca (e bem) a TVI

O ‘Big Brother’ ganha ao ‘Agricultor’? Não faz mal: aposta-se em ‘Nazaré’. O ‘Somos Portugal’ é uma marca? Não faz mal: faz-se uma coisa igual. Na guerra vale tudo, e a estação de Queluz de Baixo não tem muito tempo…
Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Aos domingos, o ‘Big Brother’ parte sempre muito atrás de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, mas tem conseguido vencer o rival, o que é notável. Tudo numa semana em que as escolas fecharam e a emoção tomou conta de todos.
Quem é do mar regressa sempre ao mar

Quem é do mar regressa sempre ao mar

Do Pedro prefiro guardar o seu sorriso tão doce e tão despojado. Prefiro lembrar o seu trabalho dedicado a cada personagem, o seu tom sempre elegante e de cavalheiro, o seu amor pelo mar. É lá que ele se sentia livre. E é lá que viverá para sempre.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;