Luísa Jeremias
Luísa Jeremias No meu Sofá

Notícia

Em equipa que ganha não se mexe

Se a fórmula 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' resultara num simples reality show, por que não dar seguimento no produto mais acarinhado: a novela? Foi o que a SIC fez.
03 de novembro de 2019 às 17:07
...
Em equipa que ganha não se mexe
Foto: Liliana Pereira
'Terra Brava' estreou na SIC com a competência que se esperava. O que quer isto dizer? Muito simples.

Começamos pelo produto. A fórmula 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' estava testada e com excelentes resultados à vista: o espectador português mostrara estar ávido de campo, de lindas paisagens da nossa terra, que lhe dissessem algo (não paisagens da Turquia nem do Líbano e muito menos do deserto tunisino). Então, se a fórmula resultara num simples reality show, por que não dar seguimento no produto mais acarinhado: a novela? Foi o que a SIC fez. Começou por experimentar em 'Nazaré', recheando a novela de paisagens de mar azul-turquesa, e dá seguimento, mas em versão campo, em 'Terra Brava'.

...
Quem quer Namorar com o Agricultor
Há, porém, uma imensa diferença entre as duas produções: enquanto 'Nazaré' é uma novela quase juvenil – podia perfeitamente passar num horário de fim de dia, sem chocar ninguém –, com um texto que deixa muito a desejar e na qual o corpo da protagonista, Carolina Loureiro, vale mais do que mil palavras, em 'Terra Brava' a conversa é outra.

...
Carolina Loureiro, Nazaré
A novela merece palmas pela harmonia entre as partes: excelentes cenários, boa fotografia, belíssima edição das cenas, bom texto, bom casting e um toque final: a música que apela ao imaginário do espectador. Estrela da Tarde, um poema de José Carlos Ary dos Santos, que concorreu ao festival da canção pela voz de Carlos do Carmo em 1976, dá aquele arrepio a todos os que se lembram do Portugal pós-revolucionário. 'Touché'!

A este cozinhado bem pensado e executado na perfeição há que juntar o toque de mestre final: a forma como é "empratado" para o espectador. Tudo muito prático. Depois de dois dias de apresentação em horário nobre a novela estreia da seguinte forma: Rodrigo Guedes de Carvalho despede-se no 'Jornal da Noite' dizendo ao público que agora se segue 'Terra Brava'. A novela arranca, sem genérico, e segue, a excelente ritmo. Quando termina, sem intervalos comerciais cola com 'Nazaré' e, só terminado tudo, quando o espectador já precisa de se levantar do sofá – nem que seja para um chichizinho – entra a publicidade e depois, toma lá 'Golpe de Sorte' e 'Casados'.

Chega, ou querem que explique melhor a fórmula do sucesso?

...
João Catarré e Mariana Monteiro em Terra Brava Foto: Liliana Pereira

Mais notícias de O Tal Canal

Cheira a mentira

Cheira a mentira

As casas dos agricultores no ‘reality show’ de Andreia Rodrigues, sabe-se agora, são todas falsas. Resta dizer: é lamentável a SIC enganar o espectador desta maneira. Já o ‘Big Brother’, que parte sempre em desvantagem na TVI, começa a cantar vitória.
Bruno Nogueira na TVI

Bruno Nogueira na TVI

O protagonista de ‘E Como É Que O Bicho Mexe?’ prendeu no último live, no Instagram, 170 mil pessoas, incluindo Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes. Seria uma grande contratação da estação de Queluz de Baixo para fazer frente a Ricardo Araújo Pereira, na SIC, mas será que o dinheiro e a estabilidade só chegam para ir buscar Marco Horácio?
A TVI tem (bom) destino

A TVI tem (bom) destino

A nova novela da estação de Queluz de Baixo, gravada no Ribatejo, é um bálsamo na ficção nacional, com Pedro Teixeira em bom plano e outros atores a assinarem interpretações fantásticas. Luís Esparteiro, Marina Mota e Pedro Sousa são três rostos deste sucesso.
O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O que sobrou de útil da entrevista do jornalista da SIC à ministra da Saúde, Marta Temido, na SIC? Muito pouco, comparado com o ruído criado – e as centenas de insultos. E quando assim é, alguém fez mal o seu trabalho.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;