Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Haja Coração

Cansado do eterno estilo de perguntas de Daniel Oliveira, em Alta Definição, na SIC, bem ao início dos sábados à tarde, espreitei o Câmara Exclusiva, na TVI. E fiz bem.
11 de fevereiro de 2017 às 11:51
1. Cansado do eterno estilo de perguntas de Daniel Oliveira, em Alta Definição, na SIC, bem ao início dos sábados à tarde, espreitei o Câmara Exclusiva, na TVI. E fiz bem. Não por ter lá Pimpinha Jardim ou Marta Andrino, em género Fama Show ou Sociedade Recreativa, mas pelo desempenho de uma jovem, de nome Alice Alves: tem imagem, bom poder de comunicação, é atrevida, simpática e bem-disposta, como se viu na entrevista como músico Virgul, ao volante do seu carro.

Não sei se Alice Alves tem os pés bem assentes na terra, se é humilde e se gosta de trabalhar, pois não a conheço pessoalmente, sei que tem algumas das características mais importantes para quem quer singrar na TV. 

Agarra a Música alcançou o seu pior resultado, ao fim de quatro semanas: É natural: Joana Cruz ou Mariana Alvim, por mais importantes que sejam na rádio, estão longe de conseguir acompanhar a pedalada de Luciana Abreu, a grande estrela da SIC,
aos domingos à noite.

E assim sendo, ou Gabriela Sobral, que tem uma assinalável carteira de contactos, entra em campo –
telefonar a convidar outras personalidades –, ou, então, as audiências do concurso de Cláudia Vieira e João Paulo Rodrigues vão andar abaixo do milhão, o que, como se sabe, é manifestamente um mau resultado.

3. Nenhuma estação pode ambicionar chegar à liderança, no caso a SIC, com um programa de acesso ao prime time (19:00/20:00) a prender 500 mil espectadores ao ecrã. Para se ter uma ideia daquilo que estou a dizer, veja bem este exemplo, caro leitor: O Preço Certo, da RTP1, a estação menos vista das três generalistas, tem um milhão de portugueses (ou mais), enquanto a novela brasileira Sassaricando – Haja Coração tem metade.

Com este cenário negro, muito já faz o Jornal da Noite, de Rodrigo Guedes de Carvalho/Clara de Sousa, que se bate com os rivais, Telejornal e Jornal das 8. Também aqui Gabriela Sobral – ou Luís Proença, o outro director de Programas – terá de arranjar uma solução para este horário. Urgentemente e, claro, de qualidade.

Mais notícias de O Tal Canal

Ângelo Rodrigues despido na SIC

Ângelo Rodrigues despido na SIC

O ator que esteve entre a vida e a morte vai agora protagonizar um reality show sobre a sua recuperação. Ganhará um lugar em futuros elencos de novelas da estação, perderá provavelmente para sempre a sua dignidade.
A desordem, outra vez

A desordem, outra vez

Não conheço nenhum escritor vivo ou morto que não tenha caído na tentação de se perder em cartas.
Marcelo e o sem-abrigo

Marcelo e o sem-abrigo

Presidente da República agradeceu salvamento de bebé. As imagens da visita do chefe de Estado ao cidadão português que tinha acabado de se distinguir da multidão por salvar um bebé abandonado no lixo vão ficar na memória coletiva do País, e pelas melhores razões.
Calvário na televisão

Calvário na televisão

Embora legítima, não deixa de surpreender a opção de Ângelo Rodrigues em aceitar o convite da estação onde trabalha para expor o que já disse prezar acima de tudo: a vida privada.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!