Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Mérito aos agricultores

O 'reality show' da SIC leva já uma grande vantagem sobre o rival da TVI e muito dificilmente perderá esta corrida aos domingos à noite. A não ser que os concorrentes nus surpreendam…
16 de março de 2019 às 08:00
...
Mérito aos agricultores
Foto: Cofina Media
1. Na guerra dos 'reality shows' ao domingo, e ao fim de uma semana no ecrã, o balanço é fácil de fazer, a julgar pelas audiências: o da SIC, ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, encantou muito mais os espectadores do que o da TVI, ‘Quem Quer Casar com o Meu Filho?’, e, salvo qualquer hecatombe, irá ser assim até ao último episódio. Mérito de Andreia Rodrigues? Não, porque a sua importância é quase nula. É mérito, sim, do casting dos concorrentes, da produção e edição, que dão uma dinâmica tremenda ao formato.

2. Após ter perdido um mês para a SIC, o de fevereiro, e que acontece ao fim de 12 anos e meio, a TVI prepara-se para ver a estação de Paço de Arcos vencer outra vez, em março, mas agora por uma diferença maior. Numa espiral negativa, os erros sucedem-se. Eis quatro exemplos recentes de como se está a trabalhar (mal) em Queluz de Baixo: permitir que uma das suas estrelas exclusivas, Rita Pereira, vá ajudar Cristina Ferreira a somar fãs; estrear um reality, ‘Quem Quer Casar com o Meu Filho?’, sem o dar a conhecer à imprensa, que o faria "vender" aos portugueses através das revistas e dos jornais; dar inesperadamente um especial de outro reality, ‘Começar do Zero’, no mesmo dia; e, por fim, andar a trocar o horário dos diários de ‘Quem Quer Casar com o Meu Filho?’ – pode ser tanto às 18:18, na segunda, como às 19:16, na terça. Uma confusão dos diabos, numa casa que tem Rosa Cullell, a dona daquilo tudo, José Eduardo Moniz, que dispensa apresentações, e Bruno Santos, o diretor-geral, com muita tarimba.

3. Duarte Siopa, com um currículo que passa pelos canais generalistas – RTP (16 anos), SIC (2) e TVI (1) –, esteve fora da televisão durante três anos e brilha hoje na CMTV, que acreditou no seu potencial e lhe deu dois formatos: ‘Flash! Vidas’, de segunda a sexta, e ‘Separados pela Vida’, aos sábados – com repetição às quartas. Este último recorda-me ‘Ponto de Encontro’, da SIC, de Henrique Mendes, que faz parte da história da nossa TV, e prova que a esperança, a amizade, a paz e a felicidade são possíveis. Que o diga o apresentador, que chora, sofre, sorri e ajuda na resolução dos conflitos entre familiares e amigos que lhe surgem no estúdio. Veja, caro leitor/a, e confirme-o, que vale a pena.

Mais notícias de O Tal Canal

Zeca passou à história

Zeca passou à história

O agora médico vai voltar a trabalhar em televisão, desta vez na SIC. Quantos espectadores irá levar para a estação de Paço de Arcos? E Sofia Alves? Já a TVI, com Pedro Fernandes e Margarida Vila-Nova, fica mais forte.
A Gioconda da Madeira

A Gioconda da Madeira

A audição ao comendador Joe Berardo, um dos maiores devedores da Caixa Geral de Depósitos, indignou o País por causa de uma frase (“pessoalmente, não tenho dívidas”) e de um sorriso imoral.
Penas têm os pombos

Penas têm os pombos

Contas feitas, desde esta manhã que já ouvi a mensagem mais de 40 vezes, estou sempre a ouvi-la, oiço-a em loop, quero perceber tudo o que não dizes.
Guerra dos tronos

Guerra dos tronos

O recém-nascido que promete virar do avesso o "modus vivendi" dos monarcas britânicos suscita muita especulação e as comparações com o primo George, o terceiro na linha de sucessão ao trono, tornam-se incontornáveis, sobretudo no que diz respeito à riqueza que poderão herdar.
Meninos sossegados

Meninos sossegados

É vulgar encontrar pais que exaltam as virtudes dos seus filhos – o que não é de estranhar – com um conforto especial. A explicação é invariavelmente a seguinte: é muito sossegadinho. Não brinca na rua e passa o tempo fechado no quarto em frente ao computador.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!