Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Morangos, finalmente

No meio de tanto segredo à volta das estreias da TVI, que tantas vezes desrespeita o espectador, o regresso da novela juvenil é uma boa notícia. Que em Queluz de Baixo se comece a olhar para a nova estratégia da SIC.
06 de outubro de 2018 às 07:00
...
Morangos, finalmente

1. "O regresso dos ‘Morangos com Açúcar’ seria excelente para a TVI, por vários motivos: primeiro, porque continua a ser um fenómeno de popularidade, nas redes sociais e no pequeno ecrã; segundo, porque mostrou ser, durante quase uma década, um verdadeiro viveiro de actores, essencial para uma estação que vive, e muito, da ficção nacional; terceiro, porque é um negócio rentável no merchandising; quarto, porque conquistar um público jovem é essencial, principalmente agora, quando o cabo ganha terreno aos generalistas, dia após dia. Tem a palavra José Eduardo Moniz… ou Rosa Cullel, a espanhola que manda em tudo o que mexe na Media Capital."

Escrevi isto em 12 de Dezembro de 2016. Na segunda-feira, 1, em Lisboa, os responsáveis anunciaram que esta novela juvenil estava de volta, em 2019. É verdade que as circunstâncias mudaram, que a TVI recuperou o horário de acesso ao Jornal das 8, com o concurso ‘Apanha se Puderes’, de Cristina Ferreira, derrotando finalmente ‘O Preço Certo’, de Fernando Mendes, até o mundo mudou nestes dois anos, mas continuo a acreditar que o regresso dos ‘Morangos com Açúcar’ é uma excelente aposta da estação.

2. A nova novela da TVI, ‘Valor da Vida’, estreou a ganhar no domingo, dia 30 de Setembro, batendo a concorrência directa – ‘The Voice’, da RTP1, e ‘Terra Nossa’, da SIC –, com 1 milhão e 114 mil espectadores. Mas, olhando para as audiências de ‘Pesadelo na Cozinha’, na semana passada, a estação perdeu quase 200 mil espectadores. Um rombo, portanto, que poderia ter sido evitado, se o episódio do formato do chef Ljubomir Stanisic não tivesse ficado na gaveta e, se calhar, se a trama protagonizada por Rúben Gomes e Ana Sofia tivesse sido mais bem divulgada, dias antes, nos meios de comunicação social.

É um facto que o segredo é a alma do negócio, ainda por cima numa fase em que a SIC começa a dar sinais de vitalidade, mas para quem não perceber, na TVI, que o respeito pelos portugueses deve estar acima de tudo, o caminho do sucesso torna-se difícil. Outro (mau) exemplo de uma estratégia duvidosa? A estreia de Miguel Sousa Tavares a comentar em Queluz de Baixo, na segunda-feira, 1, sem ninguém saber. A (nova) SIC já o percebeu e anunciou atempadamente Manuela Moura Guedes no ‘Jornal da Noite’ de segunda-feira, 8. Sem medo. Gosto.

Mais notícias de O Tal Canal

Alerta na SIC

Alerta na SIC

É verdade que a estação de Paço de Arcos é líder de audiências, com uma margem confortável, mas também é verdade que já perde em várias frentes para a TVI. A maratona começou agora.
O morgado e o deserdado

O morgado e o deserdado

Também a televisão tem horror ao vazio, como a natureza e a política. Grande ideias, formatos maravilhosos, apresentadores geniais, quantas vezes de nada valem porque alguém trabalha mais.
O noivo e os galácticos da SIC

O noivo e os galácticos da SIC

A SIC prefere antecipar-se à TVI e ao ‘Big Brother’ e, à pressa, sem o promover juntos dos portugueses, estrear já no domingo ‘O Noivo é que Sabe’. Com Cláudia Vieira ao leme, o sucesso do reality show não está na apresentadora.
O imperador César Mourão

O imperador César Mourão

O humorista da SIC estreou mais uma temporada de ‘Terra Nossa’ e destronou da liderança das audiências a novela ‘Quer o Destino’, da TVI. Mas o mais importante é mesmo o seu discurso ambicioso…
Teresa Guilherme em perigo

Teresa Guilherme em perigo

A apresentadora substitui Cláudio Ramos no ‘Big Brother’, após longa travessia no deserto, mas há cuidados a ter. Os inimigos estão aí

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;