Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Morangos, finalmente

No meio de tanto segredo à volta das estreias da TVI, que tantas vezes desrespeita o espectador, o regresso da novela juvenil é uma boa notícia. Que em Queluz de Baixo se comece a olhar para a nova estratégia da SIC.
06 de outubro de 2018 às 07:00
...
Morangos, finalmente

1. "O regresso dos ‘Morangos com Açúcar’ seria excelente para a TVI, por vários motivos: primeiro, porque continua a ser um fenómeno de popularidade, nas redes sociais e no pequeno ecrã; segundo, porque mostrou ser, durante quase uma década, um verdadeiro viveiro de actores, essencial para uma estação que vive, e muito, da ficção nacional; terceiro, porque é um negócio rentável no merchandising; quarto, porque conquistar um público jovem é essencial, principalmente agora, quando o cabo ganha terreno aos generalistas, dia após dia. Tem a palavra José Eduardo Moniz… ou Rosa Cullel, a espanhola que manda em tudo o que mexe na Media Capital."

Escrevi isto em 12 de Dezembro de 2016. Na segunda-feira, 1, em Lisboa, os responsáveis anunciaram que esta novela juvenil estava de volta, em 2019. É verdade que as circunstâncias mudaram, que a TVI recuperou o horário de acesso ao Jornal das 8, com o concurso ‘Apanha se Puderes’, de Cristina Ferreira, derrotando finalmente ‘O Preço Certo’, de Fernando Mendes, até o mundo mudou nestes dois anos, mas continuo a acreditar que o regresso dos ‘Morangos com Açúcar’ é uma excelente aposta da estação.

2. A nova novela da TVI, ‘Valor da Vida’, estreou a ganhar no domingo, dia 30 de Setembro, batendo a concorrência directa – ‘The Voice’, da RTP1, e ‘Terra Nossa’, da SIC –, com 1 milhão e 114 mil espectadores. Mas, olhando para as audiências de ‘Pesadelo na Cozinha’, na semana passada, a estação perdeu quase 200 mil espectadores. Um rombo, portanto, que poderia ter sido evitado, se o episódio do formato do chef Ljubomir Stanisic não tivesse ficado na gaveta e, se calhar, se a trama protagonizada por Rúben Gomes e Ana Sofia tivesse sido mais bem divulgada, dias antes, nos meios de comunicação social.

É um facto que o segredo é a alma do negócio, ainda por cima numa fase em que a SIC começa a dar sinais de vitalidade, mas para quem não perceber, na TVI, que o respeito pelos portugueses deve estar acima de tudo, o caminho do sucesso torna-se difícil. Outro (mau) exemplo de uma estratégia duvidosa? A estreia de Miguel Sousa Tavares a comentar em Queluz de Baixo, na segunda-feira, 1, sem ninguém saber. A (nova) SIC já o percebeu e anunciou atempadamente Manuela Moura Guedes no ‘Jornal da Noite’ de segunda-feira, 8. Sem medo. Gosto.

Mais notícias de O Tal Canal

O circo está montado

O circo está montado

Além do ‘The Voice’, que promove mais a música estrangeira do que a portuguesa, temos de novo ‘Casados à Primeira Vista’. Catarina Furtado e Diana Chaves têm a palavra.
Pessoas que nos fazem felizes de forma simples

Pessoas que nos fazem felizes de forma simples

Foi a transformar a televisão numa festa que João Baião cresceu e ganhou popularidade. Porque rapidamente percebeu que TV é entretenimento no seu estado mais puro, é fazer rir e chorar, é esquecer dramas do quotidiano, é alienar.
O Último Pôr do Sol

O Último Pôr do Sol

Ficámos mais um pouco a olhar para o mar, duas vidas em paralelo que voltavam a cruzar-se por breves e preciosos instantes para assinar um tratado de paz há tanto tempo esperado.
Goucha na Segunda Liga?

Goucha na Segunda Liga?

Quem deseja construir uma televisão familiar não pode empurrar Manuel Luís Goucha para fora das manhãs sem apresentar uma solução à altura.
Já ganhou!

Já ganhou!

Quem nos dera Ricardo Araújo Pereira num 'late night show' com este sentido de humor. A televisão generalista, cada vez mais "estupidificada", sairia a ganhar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!