Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt POR DETRÁS DA CÂMARA

Notícia

Não pode valer tudo!

Bastet e João Cabeleira são acusados de abandonar seis cães à fome. O alerta foi dado pelos vizinhos das figuras públicas e denunciado por Maya nas redes sociais. A ex-mulher do guitarrista dos Xutos e Pontapés aceitou explicar a situação, em direto, na CMTV mas desistiu no último segundo.
28 de janeiro de 2020 às 15:26
...
Não pode valer tudo!

Foi através das redes sociais que a Maya denunciou esta semana os alegados maus tratos de duas figuras públicas a vários animais. João Cabeleira, guitarrista dos Xutos e Pontapés e a ex-mulher, Bastet, iniciaram o processo de divórcio mas, a julgar pelas imagens chocantes divulgadas na CMTV e no Correio da Manhã, esqueceram-se de seis fiéis e indefesos amigos.

O ex-casal, provavelmente a viver uma das fases mais complicadas de sempre, deixou de alimentar e cuidar dos cães que mantinham no quintal de uma moradia, em Santo António da Caparica, na Margem Sul do Tejo.

Uma sociedade que se diz civilizada e defensora dos direitos dos animais não pode deixar passar incólume este tipo de crimes. Foi com essa intenção que no programa "Flash!Vidas", a ex-stripper teve a oportunidade de falar sobre a polémica e eventualmente defender-se dos ataques cerrados de que tem sido alvo nos últimos dias. 

Desistiu de entrar em direto no último segundo, alegando ter coisas mais importantes para tratar no momento. Acredito que o recuo tenha mais a ver com a falta de argumentos para desconstruir uma realidade que o País viu e repudia de forma veemente. Eu e os espetadores do programa ficamos à espera das respostas para todas as perguntas que a Ana Pedro Arriscado e o Duarte Siopa tinham preparadas.

A grande maioria dos vizinhos que lançaram o alerta sobre a situação estão ligados a associações de defesa dos animais. Tiro-lhes o chapéu pela coragem e acima de tudo pela sensibilidade de denunciarem a negligência para com os canídeos. Os animais merecem respeito, muito respeito, pelo que representam e acima de tudo pelo que oferecem ao Homem sem pedir nada em troca. Não pode de facto valer tudo!

Mais notícias de O Tal Canal

A menina Clarinha e eu

A menina Clarinha e eu

Não sei quantas vezes tentei esquecer-te, talvez menos do que tu e mais do que o meu coração aguenta, a única que sinto é que, cada vez que a dou espaço à razão, o meu coração começa a encolher-se como um bolo sem fermento, a vida fica sem açúcar e os dias sem sabor.
SIC ataca (e bem) a TVI

SIC ataca (e bem) a TVI

O ‘Big Brother’ ganha ao ‘Agricultor’? Não faz mal: aposta-se em ‘Nazaré’. O ‘Somos Portugal’ é uma marca? Não faz mal: faz-se uma coisa igual. Na guerra vale tudo, e a estação de Queluz de Baixo não tem muito tempo…
Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Aos domingos, o ‘Big Brother’ parte sempre muito atrás de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, mas tem conseguido vencer o rival, o que é notável. Tudo numa semana em que as escolas fecharam e a emoção tomou conta de todos.
Quem é do mar regressa sempre ao mar

Quem é do mar regressa sempre ao mar

Do Pedro prefiro guardar o seu sorriso tão doce e tão despojado. Prefiro lembrar o seu trabalho dedicado a cada personagem, o seu tom sempre elegante e de cavalheiro, o seu amor pelo mar. É lá que ele se sentia livre. E é lá que viverá para sempre.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;