Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

O despiste de Goucha

Numa fase da guerra em que RTP e TVI lutam pelo 2º lugar, a estrela maior da estação de Queluz de Baixo foi até à estação pública fazer as pazes com Filomena Cautela… E dar-lhes audiência. Incrível.
06 de julho de 2019 às 11:36
...
O despiste de Goucha
1.Já o escrevi e repito: Manuel Luís Goucha é o melhor apresentador da TV portuguesa. Mas isso não impede que, de vez em quando, dê uns tiros nos pés – se calhar traído pela sua genuinidade, simpatia e boa-disposição. O último erro prende-se com a sua ida ao 5 para a Meia-Noite. Sei que está na moda os principais rostos das televisões serem convidados a irem a estações concorrentes, a propósito de tudo e mais alguma coisa, mas há limites.

E por isso pergunto: quem ganhou mais com a presença de Goucha no talk show? O apresentador, a TVI, Filomena Cautela, ou a RTP? Eu respondo: estas duas últimas. Na quinta-feira, dia em que foi emitido o último episódio de 5 para a Meia-Noite antes das férias, a estação pública obteve o melhor resultado do ano: 13,7% de share, apenas menos uma décima do que a TVI (13,8%). "Curiosamente, foi comigo e contra a TVI, mas isso não interessa nada", disse o apresentador. Interessa, sim, claro que interessa.

Então, numa época em que as duas estações lutam pelo 2.º lugar, o rosto principal do entretenimento da TVI dá um pulo até à LX Factory, onde foi feito o 5 para a Meia-Noite, para fazer as pazes com Filomena Cautela, dar-lhe beijos na boca, protagonizar grandes momentos de TV e angariar público para o rival? A sério, custa-me entender isto.

Se me perguntarem se devia ser proibido uma estrela de um canal ir a um concorrente, direi que não. Mas há momentos em que é necessário bom senso. Como é agora. Os dois queriam fazer as pazes após um processo em tribunal há 10 anos? Ótimo. Faziam à mesa de um bar… e anunciavam a seguir no Instagram, para o povo ver. Agora, numa quinta-feira à noite na RTP1? É por estas e por outras que a TVI está onde está.

2.A TVI pagou 8 milhões de euros para ter a Champions durante dois anos. O acordo inclui a Supertaça Europeia, um encontro por jornada de uma equipa portuguesa na fase de grupos e a final da competição. O negócio pode mudar ainda, dependendo das performances de Benfica e FC Porto, e inclui também a cedência de resumos e parcerias a nível de conteúdos informativos. Se é um bom trunfo para a estação de Queluz de Baixo? Claro que é… se não tiver os bitaites de Rui Pedro Braz.

Mais notícias de O Tal Canal

A menina Clarinha e eu

A menina Clarinha e eu

Não sei quantas vezes tentei esquecer-te, talvez menos do que tu e mais do que o meu coração aguenta, a única que sinto é que, cada vez que a dou espaço à razão, o meu coração começa a encolher-se como um bolo sem fermento, a vida fica sem açúcar e os dias sem sabor.
SIC ataca (e bem) a TVI

SIC ataca (e bem) a TVI

O ‘Big Brother’ ganha ao ‘Agricultor’? Não faz mal: aposta-se em ‘Nazaré’. O ‘Somos Portugal’ é uma marca? Não faz mal: faz-se uma coisa igual. Na guerra vale tudo, e a estação de Queluz de Baixo não tem muito tempo…
Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Os milagres na TVI… e alunos e professores em lágrimas

Aos domingos, o ‘Big Brother’ parte sempre muito atrás de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, mas tem conseguido vencer o rival, o que é notável. Tudo numa semana em que as escolas fecharam e a emoção tomou conta de todos.
Quem é do mar regressa sempre ao mar

Quem é do mar regressa sempre ao mar

Do Pedro prefiro guardar o seu sorriso tão doce e tão despojado. Prefiro lembrar o seu trabalho dedicado a cada personagem, o seu tom sempre elegante e de cavalheiro, o seu amor pelo mar. É lá que ele se sentia livre. E é lá que viverá para sempre.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

;