Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues TV Meu Amor

Notícia

O sucesso de Goucha

A primeira emissão da nova 'Casa dos Segredos' entrou para o top 5 das melhores estreias de sempre de 'reality shows' em Portugal. O novo apresentador já justificou o lugar.
02 de março de 2018 às 07:00
...
O sucesso de Goucha

Há três pessoas que deram um enorme contributo para o  triunfo de Goucha como apresentador da 'Casa dos Segredos'. São elas Júlia Pinheiro, Teresa Guilherme, e a personagem-mistério que convenceu Bruno Santos a abandonar a bizarra aposta em formatos originais, como o que "queimou" Fátima Lopes, e a regressar aos 'reality shows' "clássicos".

Comecemos por Júlia Pinheiro. O leitor perguntará: como aparece uma directora da SIC na lista de responsáveis por um sucesso da TVI? Simples. Foi Júlia Pinheiro quem primeiro validou a escolha de Goucha como acertada e vencedora. Disse Júlia, assim que Manuel Luís foi anunciado: "Ele vai dar-nos uma sova tremenda. E eu, com grande sorriso, vou abrir as audiências para ver o grande triunfo do meu amigo." Não há testemunho nem prova do sorriso de Júlia, segunda-feira passada, ao abrir as audiências e verificar que tinha acertado em cheio. No entanto, ficámos a saber que, afinal, é Júlia, e não Teresa, quem melhor lê o futuro nos astros...

Vejamos, então, Teresa Guilherme. Também ela deu o seu contributo para esta vitória. A antiga apresentadora deixou-se enredar num complexo esquema de marketing, no qual a rivalidade entre ela e Goucha colocou meio mundo a falar da nova 'Casa', muito antes de o programa estrear.

Por fim, e com o acerto da decisão validado pelo milhão e 700 mil espectadores registados na primeira emissão, talvez o director da TVI, Bruno Santos, perceba que os 'reality shows' são um assunto demasiado sério para procurar receitas originais, que podem dar boa imagem, mas, em geral, dão mau resultado.

Mais notícias de Dicionário do amor

Razão

Razão

Razão: s.f.: Aquilo que, muitas vezes, perdemos para tentarmos ter: há tanto quem perca a razão para ter razão, que estupidez.
Um cancro na SIC

Um cancro na SIC

Que audiências teria o ‘Jornal da Noite’, com Clara de Sousa ou Rodrigo Guedes de Carvalho, se não tivesse, às 19:00, um sofrível programa, como ‘Linha Aberta’, de Hernâni Carvalho?
A novela de Bruno

A novela de Bruno

Os maiores patrocinadores e as estações de televisão que apostaram milhões no certame da Rússia estão a arder com o investimento, devido à crise que afecta o clube verde-e-branco. Drama no sporting está a abafar o mundial de futebol.
Trinta mil cavalos

Trinta mil cavalos

A adolescência da geração os filhos do 25 de Abril foi a última a dançar slow e a gravar cassetes inteiras com músicas para namorar, curtir, andar na marmelada, e claro, para dançar agarradinhos, muitas vezes em festas de garagem, com papel celofane encarnado a embrulhar os abat-jours e rondas policiais regulares de um ou dois adultos pelo perímetro para verificar se a malta não se estava a esticar. É claro que a malta se esticava, mas não era ali. Era dentro dos carros num lugar sossegado com vista para o mar, ou em casas onde os pais não estavam.
Espanha – 1982

Espanha – 1982

Até que ponto o avanço tecnológico nos faz viver com mais fervor o maior espectáculo do mundo? Tenho sobre esse assunto as maiores reservas sobretudo quando dou por mim a viajar até 1982, ano em que, pela primeira vez, vivi com intensidade a fase final de um Mundial
Raciocínio

Raciocínio

Raciocínio: s.f.: Aquilo que, apesar de ser a base de todos os teus passos, não é o que mais te faz cair. Qualquer burro é capaz de pensar mas só um génio é capaz de amar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável