'
Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do amor

Notícia

Ofender

Ofender: v. Aquilo que só fazes a quem te ama; quando alguém que não amas te ofende não te ofende coisa nenhuma — e é sequer pensar que o faz que é ofensivo.
11 de dezembro de 2017 às 11:07
...
Descubra se não tem peças raras e muito valiosas em casa

[vícios]

Somos viciados no limite. Ou então apenas viciados em esperança, no limite. Precisamos, com regularidade, de uma corda que nos agarre, nem que depois nos enforque. Gosto de estudar a inveja, por exemplo. Sem condescendência, sem juízos. Apenas analisar para tentar perceber. Ainda não o consegui, lamento.

 

[desesperos]

Há quem procure, com desespero, a dor do outro. Será, com certeza, a única possibilidade de ter algo para sentir.

 

[futuros]

Procura-se, no futuro, tudo o que nos alimenta. É nele que se deposita a "possibilidade de". E é a "possibilidade de" que, mais coisa menos coisa, vale por tudo o que somos. Somos viciados no "pode ser que". Pode ser que amanhã doa menos, pode ser que amanhã ame mais, pode ser que amanhã passe, pode ser que amanhã seja feliz. Fatalmente, porque a vida acontece, o futuro acontece. Pode ser que valha a pena. 

 

[chuvas]

A chuva é uma espécie de melancolia natural. Olhamo-la e pensamos. É organicamente impossível olhar para a chuva a escorrer no vidro e não pensar. A chuva funciona, então, como um detector de mentiras: uma radiografia de interiores. Quando vires alguém feliz ao ver a chuva inveja-o. E fica feliz também — para alguém, ao ver-te, te invejar também. A felicidade é muitas vezes aparência pura: uma hipocrisia neurológica. Mas continua a ser felicidade, não é?

 

[descobertas]

O bebé do vizinho chora como se lhe doesse o mundo. Talvez doa, talvez descobrir tudo pela primeira vez possa magoar. A mim magoa, ainda magoa. Ontem descobri pela primeira vez que sempre que a porta se fecha contigo atrás me dói a tua ausência pela primeira vez. E já dói assim desde a primeira vez. Provavelmente amar é sentir sempre tudo pela primeira vez, juro que é a primeira vez, e espero que a última, que penso nisto.

Ofender: v. Arte de tentar limpar o que dói causando dor no outro. O braço armado da frustração.

Mais notícias de O Tal Canal

O futuro da TVI (também) passa pela união

O futuro da TVI (também) passa pela união

Cristina Ferreira anunciou uma série de novidades da estação para 2021 e acredita que é com elas que vai roubar a liderança das audiências à SIC. Para já, em Paço de Arcos não há uma reação. É natural, porque todos os cuidados são poucos… Afinal, um erro pode deitar tudo a perder.
Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Regressou à TVI, inventou um programa só para si, uma vez por semana, sem dia certo, gastou 300 mil euros e agora ‘Dia de Cristina’ chega ao fim em dezembro, após três meses de vida. Uma derrota em toda a linha para a apresentadora, diretora e acionista da estação.
A traição de Maria Cerqueira Gomes

A traição de Maria Cerqueira Gomes

A apresentadora fez um balanço da sua experiência em ‘Você na TV!’ e veio agora dizer que Manuel Luís Goucha nem sempre a ajudou, principalmente quando o colega estava "sem rumo" e "atiçado". Tudo escarrapachado na revista de Cristina Ferreira, diretora e acionista da TVI. Incrível!
A televisão salva vidas

A televisão salva vidas

Cristina foi ao 'Você na TV' e contou o seu isolamento profilático. Os afortunados espetadores terão aprendido mais sobre a Covid naqueles minutos do que em meses de comunicação institucional. O programa contribuiu para salvar vidas.
Mais pancada em Teresa Guilherme

Mais pancada em Teresa Guilherme

Apresentadora do ‘Big Brother’ volta a ser atacada, e dentro da própria casa: a TVI. Até quando irá ficar em silêncio? Ou até quando irá fingir que está tudo bem?
O "eu" perde sempre

O "eu" perde sempre

Quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: “Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer". Ou seja, a SIC.

Mais Lidas

+ Lidas