Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do Amor

Notícia

Onírico

Onírico: adj. Antónimo, e sinónimo, de real. Só quem tira os pés do chão merece andar na Terra.
22 de janeiro de 2018 às 07:00
...
Onírico

Uma criança brinca com uma batata,

é uma nave especial, tem super-poderes, sabes?, daqui a nada levanta voo e vai descobrir o Planeta do Amor,

e há tanto filho da puta no mundo,

ao lado um avô chora,

é tão bonito o meu neto, não é?, quando era pequeno queria ter uma criança feliz em mim,

e agora tenho-a,

e há tanto filho da puta no mundo,

um casal que se apaixonou ontem ama como se não houvesse amanhã,

amo-te tanto,

amo-te tanto,

queres ser minha para sempre e depois também?,

quero, e espero que esse depois demore muito, prometes?,

amo-te,

eu é que te amo,

não, eu é que te amo,

eu é que amo,

eu,

eu,

um abraço que não acaba,

um abraço com o corpo todo erguido para o ver passar, para o sentir passar,

e há tanto filho da puta no mundo,

inventou-se a cura para tantas doenças que matam,

menos para o ódio,

e a inveja,

a inveja é a parte hipócrita da maldade, uma maldade falsa,

e talvez a mais verdadeira das maldades todas,

quem consegue amar é genial, e quem consegue ser amado por quem ama é um milagre,

e sou tão feliz quando vejo pessoas assim,

como pode haver quem não fique?,

amo quem ama,

como não amar?,

amo quem é amado por quem ama,

como não amar?,

só não amo quem desama, quem inveja o amor dos outros,

só tenho inveja de mim quando estou feliz,

e depois só isso chega para me fazer feliz outra vez,

os infelizes são maus,

e por isso infelizes,

ou são maus,

e por isso infelizes,

a infelicidade é uma forma de vitimização, por mais infelicidade que a vida nos traga, e traz tanta, a miserável,

mas existe a criança com a batata na mão,

é uma nave especial, tem super-poderes, sabes?, daqui a nada levanta voo e vai descobrir o Planeta do Amor,

e o avô que chora,

é tão bonito o meu neto, não é?, quando era pequeno queria ter uma criança feliz em mim, e agora tenho-a,

e o casal que se apaixonou ontem,

amo-te tanto,

amo-te tanto,

queres ser minha para sempre e depois também?,

quero, e espero que esse depois demore,

amo-te,

eu é que te amo,

não, eu é que te amo,

eu é que amo,

eu,

eu,

e há tanto filho da puta no mundo.

Onírico: adj. Diz-se daquilo que separa os vivos dos outros. Em cada dez pessoas com vida há no máximo uma ou duas a viver; agora pensa: de que lado estás tu?

Mais notícias de COMO F***DER UM CASAMENTO Manual Prático para Mulheres e para Homens

COMO F*DER UM CASAMENTO  18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

COMO F*DER UM CASAMENTO 18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

Saíste. E nem um beijo. Simplesmente foste. Tinhas certamente muito em que pensar, a empresa, as preocupações, as contas para pagar, os desafios que te esperam, mas foste sem um beijo. Deixaste um até logo distante, que quando foi falado já não estava aqui.
Cláudio Ramos atacado por cobardes

Cláudio Ramos atacado por cobardes

Deixou Cristina Ferreira e a SIC e partiu para a TVI, onde vai começar por apresentar o ‘Big Brother’. Fez bem, apesar do que muitos lhe estão a fazer.
Retrato de um namorado parasita

Retrato de um namorado parasita

A minha mulher é um furacão. É mais bonita do que eu, mais nova do que eu, mais bem educada do que eu, mais forte do que eu. Mas sou eu quem manda, porque ela gosta mais de mim do que dela e essa regra, meus amigos, só se aprende depois dos quarenta.
A “traição” de Vasco Palmeirim

A “traição” de Vasco Palmeirim

Brilha na RTP quando trabalha na Rádio Comercial, do grupo Media Capital. Renovou agora por mais 3 anos com a estação pública. Como é possível esta estrela da televisão não estar na TVI?
Amores aplacados.

Amores aplacados.

Alma era bonita e talentosa, compunha música desde criança, mas Gustav não queria saber do talento da mulher para nada.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;