Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão Meu Amor

Notícia

Presente envenenado

'Linha Aberta' é um formato que põe a nu todas as fragilidades actuais de Carnaxide, da falta de meios à crise de ideias. Não vai ser fácil reverter as audiências miseráveis da estação no acesso ao prime time.
22 de setembro de 2017 às 15:08

Hernâni Carvalho conquistou a pulso o lugar que tem na programação da SIC. Quando Júlia Pinheiro trocou a TVI por Carnaxide, no início desta década, recebeu a missão de recuperar a liderança. Hernâni era um dos produtos do passado. Tinha de ser sacrificado. Para azar de Júlia e da estação, o 'day time' da SIC, que já tinha vida difícil, piorou, e o antigo jornalista, investido no papel de "especialista" em crime e segurança, foi recuperado. Ganhou o estatuto de arma principal para o meio-dia, a hora mais exigente dos programas da manhã nos canais generalistas de sinal aberto.

O sucesso relativo da rubrica de Hernâni Carvalho, no meio de todo o insucesso da SIC, fê-lo chegar à titularidade das 7 da tarde, onde a estação tem audiências miseráveis. 'Linha Aberta' é um 'talk show' sobre criminalidade, com reportagens, comentadores em estúdio, e telefonemas de espectadores. Esta última característica prevalece no nome dado ao formato, linha aberta, mas acaba por ser a menos bem conseguida. Além de alguns problemas técnicos, nem sempre os temas proporcionam perguntas pertinentes. Exemplo: a pergunta absurda sobre "quando devem as polícias parar de investigar". A prazo, 'Linha Aberta' deixará de ter telefonemas. O equilíbrio entre vídeo e estúdio tenderá, também, a desfazer-se, com a dificuldade de manter a produção.

Sem o apoio da estação de Carnaxide, e sem outros meios, 'Linha Aberta' corre o risco de se fechar em estúdio. Veremos se Hernâni Carvalho, um sobrevivente, será ou não capaz de dar a volta a este presente envenenado.

Mais notícias de O Tal Canal

O morgado e o deserdado

O morgado e o deserdado

Também a televisão tem horror ao vazio, como a natureza e a política. Grande ideias, formatos maravilhosos, apresentadores geniais, quantas vezes de nada valem porque alguém trabalha mais.
O noivo e os galácticos da SIC

O noivo e os galácticos da SIC

A SIC prefere antecipar-se à TVI e ao ‘Big Brother’ e, à pressa, sem o promover juntos dos portugueses, estrear já no domingo ‘O Noivo é que Sabe’. Com Cláudia Vieira ao leme, o sucesso do reality show não está na apresentadora.
O imperador César Mourão

O imperador César Mourão

O humorista da SIC estreou mais uma temporada de ‘Terra Nossa’ e destronou da liderança das audiências a novela ‘Quer o Destino’, da TVI. Mas o mais importante é mesmo o seu discurso ambicioso…
Teresa Guilherme em perigo

Teresa Guilherme em perigo

A apresentadora substitui Cláudio Ramos no ‘Big Brother’, após longa travessia no deserto, mas há cuidados a ter. Os inimigos estão aí

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;