Luísa Jeremias
Luísa Jeremias No meu Sofá

Notícia

O bom aluno, o menino querido, a esperta e o professor

Pedro está ótimo: divertido, bonito, a puxar pelos concorrentes. Tipo vizinho do lado amoroso e bem-educado.
10 de novembro de 2019 às 21:55
...
O bom aluno, o menino querido, a esperta e o professor
Vamos falar de concursos. Parece simples apresentar um formato destes? Pois não é! E tudo se deve ao público que, por tradição ou gosto, acompanha este género no pequeno ecrã e tanto pode tornar-se o mais fiel seguidor como desdenhar à primeira se o modelo não lhe agradar. Os concursos funcionam mais ou menos como os jogos de tabuleiro em casa: se nos desafiam ou nos divertem, ficamos. Se forem chatos ou obrigarem a pensar demais... largamos rapidamente.

Nos canais generalistas, a história repete-se. Pedro Teixeira é o grande caloiro do género. É certo que já tinha tido uma experiência, ao lado de Cristina Ferreira. Em 'Mental Samurai', um concurso no qual parece que entramos num parque de diversões com direito a ficar até de cabeça para baixo, o desempenho merece nota mais do que positiva. Pedro está ótimo: divertido, bonito, a puxar pelos concorrentes. Tipo vizinho do lado amoroso e bem-educado. Funcionaria melhor – e daria KO a Manzarra – se a TVI não estivesse a passar por uma fase de rejeição dos espectadores.

...
Pedro Teixeira
Pedro ganha, porém, à sua rival da RTP1, Filomena Cautela, que não consegue, mesmo com piadas engraçadas, convencer com o seu 'Jogo de Todos os Jogos'. Sabe a pouco e falta a parceria com Vasco Palmeirim – o miúdo do Joker, com quem esteve em I Love Portugal. Filomena funciona melhor em dupla, como se sabe desde o '5 Para a Meia-Noite'.

...
filomena cautela
Já Palmeirim, sem convencer, aguenta bem o seu 'Joke'r diário. Mais um miúdo querido, que puxa pelo lado ternurento das mães e avós que testam conhecimentos lá em casa enquanto arrumam a loiça do jantar e se desentenderam com a novela, nos canais concorrentes.

...
Vasco Palmeirim, joker, RTP Foto: Cofina Media
Tudo isto para chegar ao mago, ao professor, ao fenómeno dos concursos: Fernando Mendes, claro! O Gordo, com 'O Preço Certo', programa velho e desgastado, continua a ser o líder incontestado e a bíblia do género.

...
fernando mendes


O que nos faz questionar algumas coisas. A primeira: quem é o público deste tipo de programa e por que razão, em programas de conhecimento, a "estupidificação" funciona melhor do que a inteligência. Pelo menos em audiências.

Mais notícias de No meu Sofá

Em equipa que ganha não se mexe

Em equipa que ganha não se mexe

Se a fórmula 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' resultara num simples reality show, por que não dar seguimento no produto mais acarinhado: a novela? Foi o que a SIC fez.
Como aprender com os erros dos outros

Como aprender com os erros dos outros

Se conseguirmos transportar esta história real para Portugal, conseguiremos entender bastante do que se passa com a SIC e a TVI e como se deu a transferência de público do canal tradicional das novelas portuguesas para o "novato" que, de um dia para o outro, descobriu a bola de cristal
'Casados': a novela da vida real ganhou personagens

'Casados': a novela da vida real ganhou personagens

O formato, até ver, sofisticou! Como? Perdida a inocência da primeira série e volvidas duas temporadas de 'Quem Quer Namorar com o Agricultor' - o parente simplório deste novo formato de realities - os candidatos passaram a saber "ao que vão".
Pessoas que nos fazem felizes de forma simples

Pessoas que nos fazem felizes de forma simples

Foi a transformar a televisão numa festa que João Baião cresceu e ganhou popularidade. Porque rapidamente percebeu que TV é entretenimento no seu estado mais puro, é fazer rir e chorar, é esquecer dramas do quotidiano, é alienar.
Já ganhou!

Já ganhou!

Quem nos dera Ricardo Araújo Pereira num 'late night show' com este sentido de humor. A televisão generalista, cada vez mais "estupidificada", sairia a ganhar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!