Margarida Rebelo Pinto
Margarida Rebelo Pinto Pessoas Como Nós

Editar a vida

O escritor é um espelho da sua época. Quase sempre um espelho com imperfeições, manchas e estilhaços, e no entanto, talvez por isso mesmo, ainda mais fiel à realidade, também ela repleta de defeitos.

Cansei-me de ser Rapunzel

Casei com o Álvaro para esquecer o João, acreditando que o amor de um homem meigo e disponível iria reparar coração.

Encostar à Box

A noticia não me deixou surpreendida, embora admita que foi inesperada. A Pilar e o Vicente ficaram noivos de repente, não mais que de repente, como escreveu o poeta Vinícius.

Um céu só nosso

Não sei como isto aconteceu, quando dei por mim já estava fora de pé, sem bóia nem colete de salva-vidas. Se tudo tivesse sido de repente, talvez a minha capacidade de reação fosse diferente.

A vida como ela é

Passo a vida a ser apanhada por frases, como uma borboleta que se deixa prender nas malhas de uma rede.

Dias Fáceis

Devemos respeitar a tristeza, mas não devemos alimentá-la, sob o risco de se tornar num monstro. Os monstros ocupam muito espaço, requerem muita atenção, podem virar-se a nós a qualquer momento e impedem-nos de viver a vida sem medo.

E depois do adeus

Antes do tempo das geadas tenho de podar as hortênsias, senão para o ano vão crescer demasiado. Era bom que se pudesse fazer o mesmo com o amor: podar aqui e ali, para não sair fora de controlo. Mas quando o amor vem com muita paixão na mala, sabemos o quanto isso é impossível.

Há mais vida

Não me lembro quando foi a última vez que fizemos amor. Nem sequer da última em que tivemos sexo. Terá sido no seu dia de aniversário? Ou no dia do meu? Não, nesse dia não houve nada. Terá sido na passagem de ano? Não me lembro porque não me quero lembrar.

Camisa Branca

A Beatriz chegou atrasada ao jantar lá em casa. Tínhamos marcado com uma semana de antecedência, miúdas às terças, a ver se depois do Verão conseguimos criar o hábito de nos juntarmos uma vez por semana.

Um lugar mellhor

Nunca me faltou a resposta na ponta da língua, para deleite dos meus amigos e terror dos meus namorados, pois é sabido que quanto mais chateada estou, mais mordaz me torno, qualidade que o tempo apurou.

Tal pai tal filho

A Margarida vive com o pai, nunca me ocorreu que deve ter saudades da mãe que ficou no Porto. No primeiro dia de aulas sentou-se na última fila e não falou com ninguém. É a miúda mais gira da escola, mas tem o olhar sempre longe, como se quisesse estar noutro lugar.

Bife com batatas fritas

O conceito de bife com batatas fritas tem no meu imaginário outras conotações bem mais abstractas, quiçá quase poéticas. O bife tem de ser de primeira linha, ou então prefiro uma omelete. E tal analogia aplica-se à eterna questão de encontrar um par.

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável