'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal!

Notícia

Catarina Furtado arrasa gente com dinheiro e egocêntrica

"Os racismos, as violências, as discriminações, as indiferenças, têm por base a ignorância, uma arrogância moral com sustento no medo. Fiz reportagens no Bangladeche, no Líbano, na Grécia, no Uganda e na Colômbia".
21 de junho de 2020 às 11:54
...

"Tenho conhecido pessoas com dinheiro e sucesso e um gigante vazio interior, uma insatisfação baseada na ambição e na necessidade de regar um umbigo, já muito entupido… É uma opção: querer ou não saber. Os racismos, as violências, as discriminações, as indiferenças, têm por base a ignorância, uma arrogância moral com sustento no medo. Fiz reportagens no Bangladeche, no Líbano, na Grécia, no Uganda e na Colômbia. Ouvi histórias de coragem, sofrimento e esperança. Refugiados obrigados a fugir à morte!"

As palavras são de Catarina Furtado, foram escritas na TV Guia há duas semanas, e vêm a propósito de mais uma nova temporada do seu programa Príncipes do Nada, na RTP1, ela que é embaixadora da ONU há 20 anos. "Chorei e ri ao seu lado e prometi fazer chegar a vós os seus apelos! Não estamos a falar de terroristas! Vi pais num pranto, impotentes; ratazanas a morderem as crianças nas tendas indignas onde dormem; lamentos de profunda desilusão pela constatação de que afinal a Europa humanista é uma utopia. Mas também vi solidariedade entre eles e esperança."

Conheço Catarina há 17 anos, quando trocou a SIC pela RTP para liderar a Operação Triunfo. Em 2009, por exemplo, estivemos juntos em Cabo Verde, em mais uma missão humanitária, transmitida depois pela estação pública. Em Santiago, a apresentadora mostrou as carências, da saúde ao ensino, daquele povo irmão. Com a sua influência e credibilidade, ajudou a angariar milhares de euros para a construção de maternidades na ilha. Salvou vidas.

 Vejo-a novamente no terreno, a lutar por uma sociedade mais justa e solidária, e é ali que gosto de a ver. Também gosto de a ver no The Voice, sensual, com um vestido justo a realçar as suas curvas e um decote provocador, com os lábios pintados de vermelho, mas insisto: é ali, no terreno, que faz a diferença. Olhos nos olhos com as pessoas, a tocar-nos no coração. Outros famosos da TV preferem o individualismo, a ostentação, a vaidade, o egocentrismo. Estão no seu direito. Mas por isso é que Catarina só há uma: gira que dói - lembras-te, Ivo? - e com uma notável vontade de mudar o mundo. 

Mais notícias de O Tal Canal

As balas e a morte das estrelas da tarde

As balas e a morte das estrelas da tarde

Manuel Luís Goucha deu, em direto, 35 mil euros a um casal que perdeu tudo num incêndio. Júlia Pinheiro levou a estúdio o filho mais velho de Pedro Lima, João, para assumir que anda no psicólogo. A guerra está aí, num ano que ainda agora começou e já nos levou Carlos do Carmo.
Quem lhe põe travão?

Quem lhe põe travão?

"Não há ninguém em Queluz de Baixo que ponha travão a todas as ideias da patroa? ", pergunta Paulo Abreu.
"Qual ética, qual quê?"

"Qual ética, qual quê?"

Mais uma vez, não há responsáveis na TVI, ou na produtora, por comportamentos e ‘castings’ do piorio no ‘Big Brother’. Afinal, a ética não dá dinheiro, sucesso. E enquanto assim for, fecha-se os olhos, veste-se a pele de gente séria, chora-se em frente às câmaras, se for necessário, e aponta-se o dedo aos outros.
Eu gosto de ti… pai Tony

Eu gosto de ti… pai Tony

Da autoria de David Carreira e interpretada pelo próprio e pela irmã, Sara, ‘Gosto de Ti’ está na ‘playlist’ feita pela Isabel para ouvirmos no carro. A Leonor adora-a e canta-a do princípio ao fim, tal como a mãe. Resta-nos acreditar que os pais e os irmãos vão conseguir, um dia, voltar a sorrir.
Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.
O futuro da TVI (também) passa pela união

O futuro da TVI (também) passa pela união

Cristina Ferreira anunciou uma série de novidades da estação para 2021 e acredita que é com elas que vai roubar a liderança das audiências à SIC. Para já, em Paço de Arcos não há uma reação. É natural, porque todos os cuidados são poucos… Afinal, um erro pode deitar tudo a perder.

Mais Lidas

+ Lidas