'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

A última paixão de Ljubomir Stanisic

O chef jugoslavo vale ouro e a TVI tem de o saber mimar como uma estrela para continuar a tê-lo em Quleuz de Baixo. É que ele vale 24 vitórias durante o ano… no dia mais importante da televisão.
11 de janeiro de 2020 às 07:00
...
Ljubomir Stanisic, TVI, Pesadelo na Cozinha Foto: Cofina Media
1. Quem diz que Ljubomir Stanisic é um ordinário, que é uma besta no trato com as pessoas, que só sabe gritar com elas e que não merece, por isso, um formato de televisão, ainda por cima em horário nobre na TVI, não está a ser honesto. Não está. E o melhor exemplo foi o episódio de ‘Pesadelo na Cozinha’ em Alverca. "Eu fui um pouco bruto consigo e quero pedir desculpas por isso...", diz a determinado momento o chef jugoslavo de quase dois metros a uma ajudante de cozinha. "Mas eu levo o trabalho com muita paixão", justifica a seguir.

Irene, uma septuagenária com problemas de audição, compreende-o melhor do que ninguém. "Eu sei, eu sei. Não tem de pedir desculpa nenhuma… Aceito que as pessoas que sabem mais do que eu me repreendam. Não sou de chorar e essas coisas assim… O senhor comoveu-me como pessoa. Quem o tiver como amigo que o mantenha."

Ljubomir é de facto uma caixinha de surpresas. Das boas. É um chef consagrado, dos melhores do País, mas também uma estrela da TV portuguesa, levando tudo à frente aos domingos, seja o ‘The Voice’, na RTP1, ou ‘A Máscara’, na SIC. Vale ouro. Muito ouro. Saiba a estação de Queluz de Baixo mimá-lo, tratá-lo como merece, fazê-lo sentir-se em casa, e tem garantida a vitória no dia mais importante, pelo menos durante 24 semanas por ano.

2. Felipa Garnel durou apenas cinco meses como diretora de Programas da TVI. Pouco tempo, portanto, e como se perspetivava, aliás, desde que assumiu funções em Queluz de Baixo. Sem experiência no cargo, numa estação à beira do abismo e com uma SIC numa dinâmica de vitória brutal após a contratação de Cristina Ferreira, a tarefa era hercúlea. Mas, mesmo assim, Felipa deu alguns valentes tiros nos pés. Não vai deixar saudades.

Sucede-lhe Nuno Santos, que já passou pela SIC e pela RTP e que sabe muito de televisão, na qual entrou em 1992. Saiba rodear-se de profissionais competentes, empenhados, ambiciosos e de confiança, montar uma estratégia que se aproxime mais dos portugueses, que toque o País, dos mais novos aos mais velhos, das mulheres aos homens, que os resultados, mais cedo ou mais tarde, aparecerão. 2020 promete mesmo!

Mais notícias de O Tal Canal

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Ela chora, ri, canta, dança, motiva. Ela é a mãe daquelas crianças todas no ‘The Voice Kids’. É um espetáculo à parte. Assim fosse a informação da TVI…
As balas e a morte das estrelas da tarde

As balas e a morte das estrelas da tarde

Manuel Luís Goucha deu, em direto, 35 mil euros a um casal que perdeu tudo num incêndio. Júlia Pinheiro levou a estúdio o filho mais velho de Pedro Lima, João, para assumir que anda no psicólogo. A guerra está aí, num ano que ainda agora começou e já nos levou Carlos do Carmo.
Quem lhe põe travão?

Quem lhe põe travão?

"Não há ninguém em Queluz de Baixo que ponha travão a todas as ideias da patroa? ", pergunta Paulo Abreu.
"Qual ética, qual quê?"

"Qual ética, qual quê?"

Mais uma vez, não há responsáveis na TVI, ou na produtora, por comportamentos e ‘castings’ do piorio no ‘Big Brother’. Afinal, a ética não dá dinheiro, sucesso. E enquanto assim for, fecha-se os olhos, veste-se a pele de gente séria, chora-se em frente às câmaras, se for necessário, e aponta-se o dedo aos outros.
Eu gosto de ti… pai Tony

Eu gosto de ti… pai Tony

Da autoria de David Carreira e interpretada pelo próprio e pela irmã, Sara, ‘Gosto de Ti’ está na ‘playlist’ feita pela Isabel para ouvirmos no carro. A Leonor adora-a e canta-a do princípio ao fim, tal como a mãe. Resta-nos acreditar que os pais e os irmãos vão conseguir, um dia, voltar a sorrir.
Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.

Mais Lidas

+ Lidas