Paulo Abreu
Paulo Abreu O tal canal

Notícia

Cabrerizo é mau

Bruno Cabrerizo, agora no elenco de mais uma história de sucesso, 'Ouro Verde', não é um bom actor – tal como não foi um futebolista e um manequim de eleição – nem um bom apresentador.
04 de fevereiro de 2017 às 07:00

1. Chama-se Bruno Cabrerizo, trocou o Brasil por Lisboa no início de 2015, para integrar o elenco de 'A Única Mulher', mas o que o tornou famoso em Portugal não foi seguramente o desempenho na novela da TVI, apesar de ter batido recordes de audiência, foi o seu envolvimento com Kelly Bailey, então uma actriz de 17 anos, e o respectivo divórcio da mulher, com quem estava casado há sete anos.

Bruno Cabrerizo, agora no elenco de mais uma história de sucesso, 'Ouro Verde', não é um bom actor – tal como não foi um futebolista e um manequim de eleição – nem um bom apresentador. Vem isto a propósito da sua péssima colaboração em 'Somos Portugal', programa que dá a conhecer os artistas pimba do país e seguido por quase um milhão de espectadores.

Do que vi no domingo, dia 29, em Ansião, apenas tem imagem e boa vontade, porque, de resto, falta-lhe tudo, principalmente saber falar bem português, elemento fulcral para quem trabalha em comunicação.

O principal culpado, diga-se, não é Bruno Cabrerizo, mas quem o convidou e lhe deu um microfone para a mão. É verdade que 'Somos Portugal' não é o 'Acontece', um programa de cultura da RTP, assinado pelo saudoso Carlos Pinto Coelho, e daí a exigência estar longe se ser elevada, mas os espectadores da TVI mereciam melhor.

Não, não estou a pedir Manuel Luís Goucha, que já tem trabalho de sobra. Assim de repente, lembro-me, por exemplo, de Pedro Granger, actor que faria certamente melhor do que o galã brasileiro, ele que já tem no currículo programas como o 'Ídolos' e 'O Elo Mais Fraco'.

2. Ponto prévio: não gosto de lideranças bicéfalas. E, por isso, a nomeação de Gabriela Sobral e Luís Proença para directores de Programas da SIC não me convence. Até poderão ser os melhores profissionais do mundo, os colegas mais cúmplices em Carnaxide, aqueles que se dedicam 100 por cento a um projecto comum, mas em todos os lugares, seja onde for, tem de haver sempre alguém que assuma (mais) a responsabilidade de tudo. Dois num poleiro, para mim, é um sinal de fraqueza. Para todos, a começar por Balsemão Jr.

Mais notícias de O Tal Canal

Rita Pereira vai à guerra com a SIC

Rita Pereira vai à guerra com a SIC

A ficção pode bem vir a ajudar a decidir quem vai ganhar as audiências em 2020. A estação de Paço de Arcos está muito na frente, mas a de Queluz de Baixo tem gente com talento para inverter a situação.
A última paixão de Ljubomir Stanisic

A última paixão de Ljubomir Stanisic

O chef jugoslavo vale ouro e a TVI tem de o saber mimar como uma estrela para continuar a tê-lo em Quleuz de Baixo. É que ele vale 24 vitórias durante o ano… no dia mais importante da televisão.
Mais porrada na TV

Mais porrada na TV

Cristina Ferreira ou Daniel Oliveira? Pois é... A trabalharem juntos há um ano, nem tudo corre de feição na SIC. 2020 promete muito.
Manuel Luís Goucha ataca a SIC

Manuel Luís Goucha ataca a SIC

Depois de Fátima Lopes e Ljubomir Stanisic provarem que é possível vencer na TVI, o apresentador de ‘Você na TV!’ tem tudo para mostrar que está vivo e que pode fazer frente a Cristina Ferreira.
As miúdas de Daniel Oliveira

As miúdas de Daniel Oliveira

Carolina Loureiro foi escolhida pelo diretor da SIC para protagonista de ‘Nazaré’ por ter também milhares de seguidores no Instagram. E Cristina Ferreira recebeu um presente envenenado com a entrevista a Ângelo Rodrigues. Bem-vindos a 2020.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!