'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Cláudio Ramos arrasa SIC

Depois de dizer que tem “a certeza” de que um dos melhores momentos da vida de Cristina Ferreira foi trabalhar consigo, o apresentador revelou que não foi valorizado na estação de Paço de Arcos. A guerra começou.
21 de março de 2020 às 00:43
...
cláudio Ramos, tvi, big brother Foto: colina media

Com o País e o mundo a lutarem, segundo após segundo, contra a Covid-19, não me apetecia falar de audiências, da RTP, da SIC e da TVI ou de guerras de bastidores. Mas o caos que esta pandemia está a causar também nas nossas televisões obriga-me a... pôr a mão na massa. E começo por Cláudio Ramos. Sim, não gostava dele, talvez por preconceito. Sim, mas aprendi a gostar dele, porque veio do nada. Porque é daqueles que acordam a pensar no trabalho e daqueles que se deitam a pensar no trabalho. Daqueles que acham que são bons e que o admitem. Uns, os tristes, chamam-lhe arrogância e vaidade. Eu chamo-lhe frontalidade e confiança.

É verdade que Cristina Ferreira lhe deu a mão em 2019, acreditou no seu talento e lhe deu o protagonismo que até então na SIC não lhe tinham dado. Que se não fosse ela... Mas isso é sempre assim nas nossas vidas: alguém acreditar no nosso valor e dar-nos a oportunidade. Falam-me do Passadeira Vermelha, e eu pergunto: foi o melhor que Daniel Oliveira lhe conseguiu arranjar? Era pouco. "A" oportunidade merecida é apresentar o Big Brother, e esta foi-lhe dada por Nuno Santos, o novo diretor de Programas da TVI. Com o reality show pronto a estrear, Cláudio deu várias entrevistas.

À TV Guia, disse o seguinte: "Tanto a Cristina como eu temos uma vida ocupada. Não faz sentido passarmos a vida a falar um do outro. Escolhi o meu caminho, e ela tem o dela." Nem mais. Afinal, a estrela da SIC também deixou a TVI, que lhe tinha dado tudo, para abraçar o desafio de Balsemão. "Cruzámo-nos num belíssimo momento. Tenho a certeza de que um dos melhores momentos da vida dela foi trabalhar comigo." Pronto, disse o que pensa. Qual é o crime, em tempo de guerra? Noutra entrevista, arrasou assim a SIC: "Não fui valorizado. Cheguei a propor conteúdos meus a todos os diretores. Ficaram sempre dentro da gaveta..." Sem comentários.

Queria falar ainda do fim abrupto do Got Talent, na RTP1, grande formato de TV, mas tenho de terminar com um grande obrigado a todos os profissionais de saúde em Portugal pelo árduo e brilhante trabalho desenvolvido nos últimos dias, muitas vezes sem condições nenhumas. Vocês são uns verdadeiros heróis!

Mais notícias de O Tal Canal

As balas e a morte das estrelas da tarde

As balas e a morte das estrelas da tarde

Manuel Luís Goucha deu, em direto, 35 mil euros a um casal que perdeu tudo num incêndio. Júlia Pinheiro levou a estúdio o filho mais velho de Pedro Lima, João, para assumir que anda no psicólogo. A guerra está aí, num ano que ainda agora começou e já nos levou Carlos do Carmo.
Quem lhe põe travão?

Quem lhe põe travão?

"Não há ninguém em Queluz de Baixo que ponha travão a todas as ideias da patroa? ", pergunta Paulo Abreu.
"Qual ética, qual quê?"

"Qual ética, qual quê?"

Mais uma vez, não há responsáveis na TVI, ou na produtora, por comportamentos e ‘castings’ do piorio no ‘Big Brother’. Afinal, a ética não dá dinheiro, sucesso. E enquanto assim for, fecha-se os olhos, veste-se a pele de gente séria, chora-se em frente às câmaras, se for necessário, e aponta-se o dedo aos outros.
Eu gosto de ti… pai Tony

Eu gosto de ti… pai Tony

Da autoria de David Carreira e interpretada pelo próprio e pela irmã, Sara, ‘Gosto de Ti’ está na ‘playlist’ feita pela Isabel para ouvirmos no carro. A Leonor adora-a e canta-a do princípio ao fim, tal como a mãe. Resta-nos acreditar que os pais e os irmãos vão conseguir, um dia, voltar a sorrir.
Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.
O futuro da TVI (também) passa pela união

O futuro da TVI (também) passa pela união

Cristina Ferreira anunciou uma série de novidades da estação para 2021 e acredita que é com elas que vai roubar a liderança das audiências à SIC. Para já, em Paço de Arcos não há uma reação. É natural, porque todos os cuidados são poucos… Afinal, um erro pode deitar tudo a perder.

Mais Lidas

+ Lidas