Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Cláudio Ramos atacado por cobardes

Deixou Cristina Ferreira e a SIC e partiu para a TVI, onde vai começar por apresentar o ‘Big Brother’. Fez bem, apesar do que muitos lhe estão a fazer.
14 de fevereiro de 2020 às 22:56
...
Cláudio Ramos atacado por cobardes

"Traíste a Cristina Ferreira", escreveu um. "És um ingrato com a SIC!", criticou outro. "Não tens categoria para fazer o 'Big Brother'", li também nos últimos dias nas redes sociais, a propósito da transferência de Cláudio Ramos para a TVI. Não vou citar aqui os comentários insultuosos. Não vou. É de gente cobarde, sem rosto, que se esconde por detrás de um teclado, para dizer mal de tudo e mais alguma coisa. Posto isto, vamos ao que interessa: Cláudio Ramos fez muito bem ao ter aceitado o convite de Nuno Santos, diretor de Programas da estação de Queluz de Baixo.

Em primeiro lugar, porque Cláudio Ramos passa a ser valorizado profissionalmente. Deixa de ser o vizinho de Cristina Ferreira nas manhãs da SIC para ir apresentar o ‘Big Brother’. Além do ‘reality show’ que mudou a TV em Portugal, terá entretanto outros projetos aliciantes em mãos. Em segundo lugar, porque financeiramente vai ficar muito melhor – de 4 mil euros por mês em Paço de Arcos passa a auferir em Queluz de Baixo o triplo: 12 mil. Só para se ter uma ideia sobre tudo isto, caro leitor/a, recordo aqui as palavras de Maya no 'Flash!Vidas', da CMTV:

"O Cláudio não tinha um contrato. Não tinha direito a subsídio de férias, não tinha direito a baixas, não tinha direito a nada. Há uma série de pessoas na SIC que têm contrato com a estação, e ele não tinha, era pago pelas produtoras. Ele tem 46 anos e uma filha para criar." Se eu estivesse em tribunal em frente a um juiz, só diria "não tenho mais nada a acrescentar".

Cristina Ferreira leva para casa 80 mil euros por mês. Uma fortuna? Bem, ela ganha as manhãs, deu a liderança nas audiências à SIC, ao fim de mais de uma década, e está a dar muito dinheiro a ganhar à família Balsemão. Não vou entrar nessa liga das comparações com os 4 mil euros do vizinho. Sei, sim, que a apresentadora vai saber dar a volta por cima com a saída de Cláudio Ramos, com quem funcionava bem. E sei também que esta jogada de Nuno Santos é de mestre. Afinal, reforça-se com um profissional empenhado, dedicado e que cresceu muito no último ano, e desfalca o rival.

A "passadeira vermelha" estendida em Queluz de Baixo pelo diretor da TVI a Cláudio Ramos é mais do que merecida.

Mais notícias de O Tal Canal

Bruno Nogueira na TVI

Bruno Nogueira na TVI

O protagonista de ‘E Como É Que O Bicho Mexe?’ prendeu no último live, no Instagram, 170 mil pessoas, incluindo Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes. Seria uma grande contratação da estação de Queluz de Baixo para fazer frente a Ricardo Araújo Pereira, na SIC, mas será que o dinheiro e a estabilidade só chegam para ir buscar Marco Horácio?
O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O dia mau de Rodrigo Guedes de Carvalho

O que sobrou de útil da entrevista do jornalista da SIC à ministra da Saúde, Marta Temido, na SIC? Muito pouco, comparado com o ruído criado – e as centenas de insultos. E quando assim é, alguém fez mal o seu trabalho.
A dívida de Andreia Rodrigues a Ricardo Araújo Pereira

A dívida de Andreia Rodrigues a Ricardo Araújo Pereira

Na guerra dos reality shows, a SIC levou a melhor sobre a TVI no primeiro duelo. Como se esperava, aliás. Afinal, o humorista deu 1 milhão e 900 mil espetadores ao ‘Agricultor’… e José Alberto Carvalho 1 milhão e 163 mil a Cláudio Ramos. As contas são estas, neste momento, com o ‘Big Brother’ a ter tudo para crescer na próxima semana.
Andreia Rodrigues com herança de 1 milhão e meio

Andreia Rodrigues com herança de 1 milhão e meio

Domingo à noite, há mais um duelo entre SIC e TVI. Este é o maior de todos, aquele que opõe o ‘Agricultor’ ao ‘Big Brother’. A mulher do diretor Daniel Oliveira parte bem à frente de Cláudio Ramos.
O ‘Big Brother’ e os idiotas

O ‘Big Brother’ e os idiotas

A SIC esperou pelo reality show da TVI para apostar no ‘Agricultor’. Para quem está confortável na liderança das audiências, é muito curioso. A estação de Queluz de Baixo dá sinais de coragem ao mercado e aos espectadores.
Rodrigo Guedes de Carvalho também chora

Rodrigo Guedes de Carvalho também chora

O jornalista da SIC está a destacar-se neste período dramático da pandemia Covid-19. Não por egocentrismo ou vaidade. Mas por responsabilidade. Faz bem, tal como confessar que se emociona em casa. Já Marco Horácio deixa muito a desejar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 15.03.2020

TRETAS DO VÍRUS VÃO SER CURAR

Anónimo 15.02.2020

Coitadinho, só recebia 4000.....!

;