'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Cristina Ferreira cedeu a Cláudio Ramos

A diretora da TVI defendia que o apresentador não tinha cabedal para o ‘Big Brother’ e trocou-o por Teresa Guilherme. Agora, com as audiências abaixo do esperado, decidiu juntar os dois. É a sua primeira derrota.
23 de outubro de 2020 às 21:37
...
Cristina Ferreira, Cláudio Ramos
1. Cláudio Ramos trocou a SIC – sobre a qual já disse coisas boas e más – pela TVI, no início do ano, para apresentar o ‘Big Brother’, o seu maior sonho em televisão. Nunca o deveria ter confessado, mas o erro foi cometido, e agora não há nada a fazer. Com a sombra de Teresa Guilherme sempre a pairar sobre si, fez razoavelmente (e em crescendo) oreality show’ da TVI, o que é bem positivo para quem era apenas o vizinho de Cristina Ferreira nas manhãs e o orador-mor em ‘Passadeira Vermelha’, à noite. Mas veio Cristina e tirou-lhe o tapete, considerando que ele não tinha mãos para conduzir aquele Ferrari.

Acossada pela crítica, a diretora da TVI sentiu-se obrigada a justificar-se pela decisão tomada. "Quando se é bom e genial, não se pode deixar de ser" e "foste escolhida porque és a melhor a fazer o ‘Big Brother’" foram alguns dos elogios públicos a Teresa. Nas últimas semanas, Cristina prometeu ainda a Cláudio um formato perfeito para ele.

Com o ‘reality’ de Teresa Guilherme bem diferente do de Cláudio Ramos (para pior), e longe de corresponder às audiências ambicionadas, Cristina Ferreira voltou atrás nas suas certezas. Em janeiro, acabada esta edição, a diretora junta os dois noutro ‘BB’. É verdade. Se calhar, Cláudio não era assim tão mau, e Teresa não é assim tão genial. Porque, digam o que disserem agora, e vão dizê-lo seguramente, se estivesse tudo bem, não se "inventava" esta nova dupla na TV.

É como a do muro construído na casa da Ericeira. Defendeu-se que os concorrentes do ‘BB’ não podiam ter aquela vista deslumbrante para o mar, pois o foco era o jogo da intriga, da mentira, do sexo e da violência psicológica, e agora o muro veio abaixo. Atiraram uns milhares de euros para o lixo, mas isso agora também não interessa nada.

2. Termino com Alexandra Lencastre e Rui Pedro Brás. A excelente atriz, mas também muito problemática, já está marcada na SIC, pelo diretor e pelos colegas da novela ‘Bate Coração’. De protagonista a entrar no episódio 60 foi um ápice. Na TVI, não faltarão sorrisos; e o especialista de futebol em Queluz de Baixo disse, há dias, que, se Cristiano Ronaldo tinha apanhado covid, então íamos apanhar todos. Quem o cala?

Mais notícias de O Tal Canal

Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Regressou à TVI, inventou um programa só para si, uma vez por semana, sem dia certo, gastou 300 mil euros e agora ‘Dia de Cristina’ chega ao fim em dezembro, após três meses de vida. Uma derrota em toda a linha para a apresentadora, diretora e acionista da estação.
A traição de Maria Cerqueira Gomes

A traição de Maria Cerqueira Gomes

A apresentadora fez um balanço da sua experiência em ‘Você na TV!’ e veio agora dizer que Manuel Luís Goucha nem sempre a ajudou, principalmente quando o colega estava "sem rumo" e "atiçado". Tudo escarrapachado na revista de Cristina Ferreira, diretora e acionista da TVI. Incrível!
Mais pancada em Teresa Guilherme

Mais pancada em Teresa Guilherme

Apresentadora do ‘Big Brother’ volta a ser atacada, e dentro da própria casa: a TVI. Até quando irá ficar em silêncio? Ou até quando irá fingir que está tudo bem?
O "eu" perde sempre

O "eu" perde sempre

Quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: “Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer". Ou seja, a SIC.
Cristina Ferreira cedeu a Cláudio Ramos

Cristina Ferreira cedeu a Cláudio Ramos

A diretora da TVI defendia que o apresentador não tinha cabedal para o ‘Big Brother’ e trocou-o por Teresa Guilherme. Agora, com as audiências abaixo do esperado, decidiu juntar os dois. É a sua primeira derrota.