'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Globos pariram um rato

A cerimónia foi líder de audiências e isso chega para a SIC. Mas quando, no dia seguinte, só se fala dos cinco vestidos de Cristina Ferreira e de Bárbara Guimarães, algo vai mal na televisão portuguesa.
05 de outubro de 2019 às 07:00
...
Cristina Ferreira na noite dos Globos de Ouro Foto: Liliana Pereira
1. Facto inquestionável: a gala dos Globos de Ouro, transmitida pela SIC no domingo, foi líder de audiências, com 1 milhão e 364 mil espectadores, "o que já não acontecia de uma forma tão avassaladora desde 2011", como enaltece orgulhosamente a estação de Paço de Arcos. E, portanto, tratando-se de uma estação privada, o principal objetivo foi conseguido: o resultado. Esmagou a concorrência na TVI (MasterChef, com 475 mil espectadores) e na RTP1 (I Love Portugal, com 397 mil espectadores). Posto isto, vamos ao que vi, e digo já que a montanha – perdão, a edição deste ano – pariu um rato.

O cenário majestoso no Coliseu de Lisboa, a aparição emocionante de Bárbara Guimarães, por causa do seu drama de saúde, e o discurso de Maria do Céu Guerra, talvez o único com conteúdo que nos pôs a pensar no mundo em que vivemos, não apagam a má opção técnica de pôr os nomes dos nomeados das categorias no chão do palco, tais como aqueles que morreram em 2018; não apagam a vitória de Conceição Lino na Personalidade do Jornalismo – pior do que ver premiado o seu programa E se Fosse Consigo?, que demora a ser feito entre seis meses e um ano, foi assistir à lição que quis dar aos camaradas de profissão, ela que foi (uma péssima) apresentadora de entretenimento entre 2010 e 2014; e não apagam, por exemplo, os textos sem rasgo no teleponto.

No dia seguinte aos Globos de Ouro, as conversas incidiam sobre os cinco vestidos de Cristina Ferreira e um colar que usou, no valor de 1 milhão de euros. Uns defendiam a apresentadora, outros atacavam-na, o que também já é normal, sendo a personalidade que é. A sério, a noite anterior no Coliseu resumia-se a isto, a Bárbara Guimarães e pouco mais, com a maioria das pessoas a não se lembrar dos nomes dos vencedores. E, perante isto, que festa foi esta tão diferente de todas as outras a que assistimos no passado? Ah, a data. Não fazia sentido nenhum realizar a gala no dia da final da Taça de Portugal, como tanta vez o escrevi. 

2. O que fez a RTP, que tem os direitos dos Mundiais de Atletismo, no Catar, no sábado à noite? Não emitiu em direto a conquista histórica de João Vieira (medalha de prata) nos 50 quilómetros marcha. É essa a sua estação pública, caro Gonçalo Reis?

Mais notícias de O Tal Canal

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Ela chora, ri, canta, dança, motiva. Ela é a mãe daquelas crianças todas no ‘The Voice Kids’. É um espetáculo à parte. Assim fosse a informação da TVI…
As balas e a morte das estrelas da tarde

As balas e a morte das estrelas da tarde

Manuel Luís Goucha deu, em direto, 35 mil euros a um casal que perdeu tudo num incêndio. Júlia Pinheiro levou a estúdio o filho mais velho de Pedro Lima, João, para assumir que anda no psicólogo. A guerra está aí, num ano que ainda agora começou e já nos levou Carlos do Carmo.
Quem lhe põe travão?

Quem lhe põe travão?

"Não há ninguém em Queluz de Baixo que ponha travão a todas as ideias da patroa? ", pergunta Paulo Abreu.
"Qual ética, qual quê?"

"Qual ética, qual quê?"

Mais uma vez, não há responsáveis na TVI, ou na produtora, por comportamentos e ‘castings’ do piorio no ‘Big Brother’. Afinal, a ética não dá dinheiro, sucesso. E enquanto assim for, fecha-se os olhos, veste-se a pele de gente séria, chora-se em frente às câmaras, se for necessário, e aponta-se o dedo aos outros.
Eu gosto de ti… pai Tony

Eu gosto de ti… pai Tony

Da autoria de David Carreira e interpretada pelo próprio e pela irmã, Sara, ‘Gosto de Ti’ está na ‘playlist’ feita pela Isabel para ouvirmos no carro. A Leonor adora-a e canta-a do princípio ao fim, tal como a mãe. Resta-nos acreditar que os pais e os irmãos vão conseguir, um dia, voltar a sorrir.
Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.

Mais Lidas

+ Lidas