'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Mais pancada em Teresa Guilherme

Apresentadora do ‘Big Brother’ volta a ser atacada, e dentro da própria casa: a TVI. Até quando irá ficar em silêncio? Ou até quando irá fingir que está tudo bem?
06 de novembro de 2020 às 23:30
...
Teresa Guilherme, BIG Brother a revolução, tvi Foto: Cofina Media
1. Desde que regressou ao ‘Big Brother’, pela mão de Cristina Ferreira, Teresa Guilherme tem sido um verdadeiro saco de pancada. Agora, pelo seu desempenho na última gala, foi arrasada por Marta Cardoso, comentadora do reality show da TVI: "Numa gala, a parcialidade ou a falta de imparcialidade é uma coisa que me custa muito. Acho que há aqui uma forma de tratamento dos concorrentes com a qual eu, como ex-concorrente, não posso compactuar. Não foi uma, nem duas, nem três vezes. Não está a ser bem feito." Consciente de que pode "arriscar o emprego" com estas críticas, acrescentou: "Se servir para melhorar um bocadinho, e os concorrentes serem tratados de forma justa, já valeu a pena."

Ora bem, Teresa tem 65 anos e uma vasta experiência em TV, como apresentadora, produtora e diretora. Chamaram-lhe um dia "rainha dos reality shows" e assim ficou até hoje. Não é perfeita. Pelo contrário: tem um feitio terrível, com muitos defeitos pelo meio. E não precisa de advogados de defesa. Mas, sabendo que ela deixou, há muito, de ser polémica, de certeza que vai ficar novamente em silêncio. Ou fugir às perguntas sobre o assunto, como fez com a guerra de protagonismo com a Pipoca. Ou até dizer uma coisa contrária ao que pensa, como fez quando soube que ia partilhar uma temporada do ‘Big Brother’ com Cláudio Ramos.
A minha pergunta é esta, perante as críticas de Marta Cardoso a Teresa Guilherme: a quem interessa isto? À TVI, que tanto aposta no BB? Quem quer fragilizar a apresentadora e o formato? Meu Deus, com tantos inimigos em casa, a SIC agradece esta permanente rebaldaria em Queluz de Baixo.

2. Já ouvi várias pessoas dizerem mal de ‘Bem Me Quer’, a nova novela da TVI. Talvez porque fica bem, talvez porque seja mesmo essa a sua opinião. A minha é esta: gravada na Serra da Estrela e em Aveiro, a trama de Maria João Mira, autora de vários sucessos na ficção da estação, tem muito potencial. O elenco – com jovens talentos e atores mais experientes, com gente bonita e mediática –, o texto, a cenografia e a produção são interessantes.
A história é básica? Sim, tal como ‘Nazaré’, (ainda) um fenómeno de audiências na SIC. Afinal, às vezes, o melhor mesmo é descomplicar.

Mais notícias de O Tal Canal

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.
O futuro da TVI (também) passa pela união

O futuro da TVI (também) passa pela união

Cristina Ferreira anunciou uma série de novidades da estação para 2021 e acredita que é com elas que vai roubar a liderança das audiências à SIC. Para já, em Paço de Arcos não há uma reação. É natural, porque todos os cuidados são poucos… Afinal, um erro pode deitar tudo a perder.
Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Cristina Ferreira esticou-se e perdeu

Regressou à TVI, inventou um programa só para si, uma vez por semana, sem dia certo, gastou 300 mil euros e agora ‘Dia de Cristina’ chega ao fim em dezembro, após três meses de vida. Uma derrota em toda a linha para a apresentadora, diretora e acionista da estação.
A traição de Maria Cerqueira Gomes

A traição de Maria Cerqueira Gomes

A apresentadora fez um balanço da sua experiência em ‘Você na TV!’ e veio agora dizer que Manuel Luís Goucha nem sempre a ajudou, principalmente quando o colega estava "sem rumo" e "atiçado". Tudo escarrapachado na revista de Cristina Ferreira, diretora e acionista da TVI. Incrível!
Mais pancada em Teresa Guilherme

Mais pancada em Teresa Guilherme

Apresentadora do ‘Big Brother’ volta a ser atacada, e dentro da própria casa: a TVI. Até quando irá ficar em silêncio? Ou até quando irá fingir que está tudo bem?
O "eu" perde sempre

O "eu" perde sempre

Quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: “Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer". Ou seja, a SIC.

Mais Lidas

+ Lidas