Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

O Gordo vive e aperta com Cristina

Fernando Mendes tem público, tem carisma e uma genuinidade incrível. Quem se apressou neste quase último ano a fazer-lhe um funeral estava bem enganado.
17 de fevereiro de 2018 às 12:05
...
O Gordo vive e aperta com Cristina
Foto: Cofina Media

Ontem, ouvi uma (velha) expressão que já não ouvia há muito e que me fez sorrir, por uns escassos segundos: "Calma, é à vontade, mas não é à vontadinha." Vem isto a propósito da guerra entre Cristina Ferreira e Fernando Mendes no horário das 19:00-20:00, que começou na televisão portuguesa em 13 de Março de 2017 e que, desde a estreia, levou a grande estrela do entretenimento da TVI a vencer sempre o Gordo da RTP1, um campeão de audiências até então. Apanha se Puderes vai fazer um ano de vida, e, olhando para os números, o balanço é um: avassalador.

Desprezado por Nuno Artur Silva durante os últimos três anos, que chegou a assumir, ainda antes de entrar como administrador, que O Preço Certo não era serviço público e que não cabia assim na RTP, a verdade, porém, é que Fernando Mendes tem vindo a aproximar-se lentamente de Cristina Ferreira nas audiências – por exemplo, na terça-feira, 13, dia de Carnaval, houve um empate técnico entre os dois. Não é razão para abrir uma garrafa de champanhe, longe disso, porque Apanha se Puderes mostra uma estabilidade fortíssima, fruto de ser um concurso moderno e dinâmico, com prémios bastante apelativos, mas voltar aos 900 mil espectadores é um sinal de resistência.

Com um discurso e um comportamento sempre positivos e humildes, nunca deixando entender aos portugueses qualquer tipo de descontentamento profissional, por mais motivos que tivesse para o fazer, e tem, Fernando Mendes mantém-se vivo. Afinal, tem público, tem carisma e uma genuinidade incrível. Quem se apressou neste quase último ano a fazer-lhe um funeral estava bem enganado. Que a nova RTP saiba promover o seu concurso histórico, que tantas e tantas alegrias lhe deu, isto é, vitórias, empurrando inclusive o Telejornal para líder na informação, que a nova RTP saiba acarinhar o actor e dar-lhe condições como a TVI dá a Cristina, e esta história das audiências entre as 19:00 e as 20:00, um horário fundamental no acesso ao prime time, poderá vir a ser bem mais renhida. E assim voltamos ao início da conversa: "Calma, é à vontade, mas não é à vontadinha."

* O autor desta crónica escreve de acordo com a antiga ortografia.

Mais notícias de O Tal Canal

TVI em chamas

TVI em chamas

O Programa de Fernanda Serrano antes do 'Jornal das 8' não lembra a ninguém. E as audiências são implacáveis – perdão, os portugueses. A primeira aposta de Felipa Garnel é um fracasso.
Paródia na TVI

Paródia na TVI

Alguns atores, como Lourenço Ortigão e Benedita Pereira, não sabem que nova novela ‘Prisioneira’ vem aí e assumem-se perdidos. Parece brincadeira, mas é verdade. Na estação de Queluz de Baixo poucos sabem o que andam a fazer
O desastre de Felipa Garnel

O desastre de Felipa Garnel

Os resultados do primeiro mês da nova diretora de Programas da TVI são dramáticos. Agosto pode atirar a estação para o último lugar.
Fernando Mendes na TVI

Fernando Mendes na TVI

Depois da transferência de Cristina Ferreira para a SIC, esta poderá ser a “outra” bomba da televisão portuguesa. Terá Felipa Garnel argumentos para levar o Gordo para a estação de Queluz de Baixo?
À beira do abismo

À beira do abismo

O concurso de Cristina Ferreira podia estar entregue a um Manzarra qualquer, com esta má aposta da SIC a poder manchar o currículo da apresentadora. Mas há mais desgraças na nossa TV…
Cristina Ferreira em guerra

Cristina Ferreira em guerra

Agora que a TVI proibiu as suas estrelas de fazerem produções para a sua revista e de irem ao seu programa das manhãs na SIC, a apresentadora prepara-se para se vingar com o seu novo concurso. As próximas semanas prometem.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!