'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Estação de uma mulher só: Cristina Ferreira põe e dispõe na TVI

'All Together Now', anunciado como o melhor formato de entretenimento do mundo em televisão, acabou por perder para três programas da SIC. No final do dia, feitas as contas, a apresentadora e diretora levou uma tareia da estação de Balsemão.
13 de março de 2021 às 11:17
...
Cristina Ferreira

1. ‘All Together Now’ estreou no domingo, 7, na TVI, e foi visto por 1 milhão e 434 mil espectadores. Um número bom, mas que não chegou para ser o programa mais visto – foi 4.º, atrás de ‘Isto É Gozar com Quem Trabalha’, ‘Terra Brava’ e ‘Jornal da Noite’, todos da SIC –, nem tão-pouco para ajudar a estação de Queluz de Baixo a vencer o dia. Anunciado, por Cristina Ferreira, como o melhor formato de entretenimento do mundo em televisão, acaba por saber a pouco. E porquê? Porque a TVI não soube montar uma estratégia global. E o rival de Paço de Arcos soube, ganhando, no final, por quase cinco pontos de diferença. Uma tareia!

Mas há mais para dizer sobre ‘All Together Now’. Grande operação para proteger o lançamento do formato de Cristina Ferreira. Do ponto de vista de marketing e promoção, foi do melhor que já vi. Porém, com total submissão do jornalismo aos interesses da direção de Programas. Interessante ver como José Alberto Carvalho, que tanto criticou a informação-espetáculo e a mistura de jornalismo e entretenimento, no passado, se entregou agora a uma operação destas, que durou 40 minutos no ‘Jornal das 8’! Chegámos (mesmo) à estação de uma mulher só.

Esta operação à volta da estreia de ‘All Together Now’ revelou ainda duas outras coisas: a necessidade de Cristina se afirmar e mostrar que consegue dar a volta às coisas; e a adesão de Anselmo Crespo. Percebe-se: os resultados dos jornais têm ficado aquém das expectativas, e o diretor de Informação tenta, por isso, dar uma prova de vida. Afinal, se os resultados se mantiverem, a pressão vai continuar a aumentar. Externa e internamente.

2. A final do Festival da Canção teve momentos únicos: a abertura original de Filomena Cautela, Vasco Palmeirim e Inês Lopes Gonçalves, com o apoio de outras estrelas da RTP, e os tributos a Zeca Afonso, Sérgio Godinho, José Mário Branco e Carlos do Carmo. O pior veio depois, com a vitória dos The Black Mamba, com o tema ‘Love Is on My Side’. Como é que a estação pública, paga com o nosso dinheiro, que tem como função promover e difundir a língua portuguesa, permite nos regulamentos que se possa cantar em inglês? Vergonhoso.

Mais notícias de O Tal Canal

Goucha e marido pedem mais na TVI

Goucha e marido pedem mais na TVI

Apresentador e Rui Oliveira brilham juntos, com rubrica de culinária, à sexta-feira à tarde, e estação tem um tesouro em mãos para explorar mais e melhor a dupla. Cristina Ferreira tem a palavra.
Cristina Ferreira podia aprender com Rúben... Amorim

Cristina Ferreira podia aprender com Rúben... Amorim

A apresentadora da TVI voltou a elevar as expectativas em seu redor, convencida mesmo de que, sozinha, ainda pode vencer qualquer um. Já foi assim, já não é assim. As coisas mudam. E deveria, por isso, começar a assistir às conferências de imprensa do treinador do Sporting.

Mais Lidas

+ Lidas