Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Os dias negros de Manuel Luís Goucha

Entrevista polémica a um cadastrado de extrema-direita, as desculpas sem sentido do apresentador da TVI e as derrotas humilhantes frente à ex-amiga Cristina Ferreira. Pior era impossível em tão poucos dias.
12 de janeiro de 2019 às 08:00
...
Os dias negros de Manuel Luís Goucha

A vida não corre nada bem a Manuel Luís Goucha na TVI, agora órfão de Cristina Ferreira, com quem brilhou no pequeno ecrã durante mais de uma década. Ainda sem a concorrência da antiga amiga nas manhãs da SIC, recebeu no ‘Você na TV!’ Mário Machado – líder da Nova Ordem Social, movimento de extrema-direita –, preso durante dez anos, por crimes como discriminação racial, coação agravada, posse ilegal de arma, ofensa à integridade física qualificada e uma tentativa de extorsão.

Após toda a polémica à volta dessa entrevista na quinta-feira, 3, Goucha viu-se obrigado a justificar-se, no dia seguinte, dizendo que não teve responsabilidades no convite – não teve. A ideia foi do "repórter" Bruno Caetano, que assumiu em direto, para todo o País ouvir, que Salazar "faz falta" nalgumas coisas. Porém, Goucha não deixou de apresentar Mário Machado como um "autor de declarações polémicas". O que é, no mínimo, lamentável, perante o cadastro de Mário Machado, autor de alguns dos mais odiosos ataques racistas em Portugal. Porém ainda, debaixo de um coro de críticas, Goucha não deixou de alertar para os "perigos do politicamente correto", ele que, recorde-se, processou um programa – ‘5 para a Meia-Noite’, em 2010 – por causa de uma tirada humorística e levou o caso até ao Tribunal dos Direitos Humanos.

Não posso, pois, ajudar a branquear a presença de Mário Machado na TVI, por mais que Goucha tivesse feito o seu trabalho. Bem pelo contrário. Sinto repulsa e revolta. Digam o que disserem, com a defesa de "uma programação diversificada" ou com "o debate entre diferentes correntes de opinião faz parte da sociedade democrática", esta entrevista foi, de facto, um triste e irresponsável serviço prestado pela estação. A rubrica ‘Diga de Sua (In)justiça’, assinada por Bruno Caetano, ter sido suspensa pela Direção de Programas, por quebra de confiança, é um sinal de arrependimento; e os vídeos já não estarem disponíveis no site é também outro sinal de arrependimento. Mas pergunto: alguém conseguirá apagar esta mancha em Queluz de Baixo?

Termino como comecei. A vida não corre nada bem a Goucha, até porque entretanto Cristina Ferreira regressou ao pequeno ecrã e já está a mostrar o que vale...

Mais notícias de O Tal Canal

Cristina humilha Goucha

Cristina humilha Goucha

Em sete dias de confronto direto, a apresentadora teve mais de 1,7 milhões de espectadores do que o antigo colega e amigo. Quem diz que ela é cara, quem diz?
Os dias negros de Manuel Luís Goucha

Os dias negros de Manuel Luís Goucha

Entrevista polémica a um cadastrado de extrema-direita, as desculpas sem sentido do apresentador da TVI e as derrotas humilhantes frente à ex-amiga Cristina Ferreira. Pior era impossível em tão poucos dias.
O perigo de estar nas mãos de Goucha

O perigo de estar nas mãos de Goucha

A TVI está refém do apresentador, após a saída de Cristina Ferreira para a SIC, e essa não pode ser a estratégia de uma estação. Bem pelo contrário
José Eduardo Moniz é o grande chefe

José Eduardo Moniz é o grande chefe

Bruno Santos é o director-geral da TVI. E Moniz “apenas” consultor da estação. Mas que manda em Queluz de Baixo… manda. As palavras de Goucha estão aí para o provar
Daniel (bem) atacado

Daniel (bem) atacado

‘Casados à Primeira Vista’ é um ‘reality show’ e o director-geral da SIC sabe-o bem. Mas inventou um nome… para enganar os mais distraídos. Bruno Santos, da TVI, esteve perfeito nas críticas que lhe fez.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!