Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do amor

Notícia

O amor é...

...aquilo que nunca termina por mais que acabe.
08 de janeiro de 2019 às 16:19
...
O amor é...

[o evangelho dos filhos da puta]

O homem senta-se,

cigarro na mão,

e procura o fim da faca, o centímetro onde

a dor deixa de doer e passa a matar.

 

Somos todos viciados na morte,

no fogo que aquece as veias:

tragam-me um erro e faço

dele um deus.

Palavra do senhor.

 

A ferida está dentro da pele,

dói-nos o interior do sangue,

a parte de trás da cicatriz:

cura-se a carne mas não o sonho.

 

Somos todos viciados nas lágrimas,

no medo que fica nos ossos:

tragam-me um culpado e faço

dele um deus.

Palavra do senhor.

 

Então o homem apaga o cigarro

com o muro,

lembra-se do que nunca mais poderá ser,

e que nunca foi,

e encontra o abismo da lâmina,

a alienação da cicuta,

o milímetro onde o fim deixa de

acabar e passa a esmagar.

 

Somos todos viciados na infância,

no futuro que ficou no passado:

tragam-me uma desilusão e faço

dela um deus.

Palavra do senhor.

 

Finalmente o homem

soube o caminho,

atrás dos passos vieram

as lembranças,

nada ficou,

nem ele,

no metro quadrado exacto onde

a esperança deixa de expiar e passa

a humanizar.

 

Somos todos viciados no vício,

na dependência que humaniza o pecado:

tragam-me um filho da puta e faço

dele um deus.

Palavra da salvação.


Sabotar: v. Acto de "desamoração" de algo; só o que não tem amor falhou. Nada do que foi feito com amor foi mal feito.

Mais notícias de COMO F***DER UM CASAMENTO Manual Prático para Mulheres e para Homens

COMO F*DER UM CASAMENTO  18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

COMO F*DER UM CASAMENTO 18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

Saíste. E nem um beijo. Simplesmente foste. Tinhas certamente muito em que pensar, a empresa, as preocupações, as contas para pagar, os desafios que te esperam, mas foste sem um beijo. Deixaste um até logo distante, que quando foi falado já não estava aqui.
COMO F*DER UM CASAMENTO 14. CEDER À PREGUIÇA

COMO F*DER UM CASAMENTO 14. CEDER À PREGUIÇA

CARTA AO PREGUIÇOSO ARREPENDIDO: Meu grandessíssimo burro, como querias tu que a paixão resistisse, que a nossa vida, tal qual a sonhámos resistisse, se simplesmente te deixaste cair na preguiça? Como?
COMO F*DER UM CASAMENTO  15. SER RACIONAL.

COMO F*DER UM CASAMENTO 15. SER RACIONAL.

Eu sei: a culpa é minha. A culpa é minha e desta minha cabeça que não pára de pensar. Que não pára de questionar. Que não pára de querer entender tudo e mais alguma coisa.
COMO F***DER UM CASAMENTO  11. MAGOAR.

COMO F***DER UM CASAMENTO 11. MAGOAR.

Somos do tamanho do que impedimos em nós para magoar quem amamos. Em mim impeço tudo. Se sei que te pode magoar, paro. Se sei que te pode magoar, respiro, acalmo. E não faço.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;