Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do Amor

Notícia

O amor é...

...aquilo que chega sempre a tempo mesmo que venha tarde.
20 de agosto de 2019 às 14:01
...
O amor é...
Quando se quer, faz-se.

A frase estava na cabeça e não me saía da cabeça. Quando se quer, faz-se, porra. Porque é que ela não está aqui? Porquê? Se me quer porque não vem? Disse que vinha e não veio. E eu aqui, à espera, neste café cheio de gente e ninguém é ela.
O pior do amor é ninguém mais ser o amor senão aquela que amamos, não é? E é tão bom.

— Desculpa o atraso.
— Não tem problema.
— Não?
— Não. Se vieres vens a tempo. Seja a que horas for. Se vieres vens a tempo.

O pior do amor é vir sempre a tempo mesmo quando chega tarde demais e mesmo assim consegue estar perfeitamente a tempo de corrigir tudo o que houver para corrigir, para alterar tudo o que houver para alterar, para levar à frente tudo o que porventura pensar que o possa impedir, não é? E é tão bom.

— Pensei que sabia quem era. Mas depois chegaste tu.
— Eu sempre soube quem era. Era aquele que te ama. Ainda sou, aliás.

As palavras bonitas são bonitas quando mexem com o que está à volta. Sempre que uma palavra altera para melhor a realidade é uma palavra bonita. Pode ser a pior palavra do mundo e continua a ser uma palavra bonita. As palavras não valem pelo que são. Valem pelo que, naquele momento, valem.

— Foda-se.
— O que foi?
— Amar assim não tem solução. E eu não consigo lidar bem com o que não tem solução. Sinto-me presa, fechada dentro duma caixa.
— Deixa. Eu ajudo-te.
— Vais tirar-me da caixa, é?
— Não: vou contigo para lá.

E foi.
E foram.

União: s.f. Capacidade de transformar em muito mais do que dois a soma de um com um.

Mais notícias de COMO F***DER UM CASAMENTO Manual Prático para Mulheres e para Homens

COMO F*DER UM CASAMENTO  18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

COMO F*DER UM CASAMENTO 18. PASSAR UM DIA SEM UM BEIJO.

Saíste. E nem um beijo. Simplesmente foste. Tinhas certamente muito em que pensar, a empresa, as preocupações, as contas para pagar, os desafios que te esperam, mas foste sem um beijo. Deixaste um até logo distante, que quando foi falado já não estava aqui.
COMO F*DER UM CASAMENTO 14. CEDER À PREGUIÇA

COMO F*DER UM CASAMENTO 14. CEDER À PREGUIÇA

CARTA AO PREGUIÇOSO ARREPENDIDO: Meu grandessíssimo burro, como querias tu que a paixão resistisse, que a nossa vida, tal qual a sonhámos resistisse, se simplesmente te deixaste cair na preguiça? Como?
COMO F*DER UM CASAMENTO  15. SER RACIONAL.

COMO F*DER UM CASAMENTO 15. SER RACIONAL.

Eu sei: a culpa é minha. A culpa é minha e desta minha cabeça que não pára de pensar. Que não pára de questionar. Que não pára de querer entender tudo e mais alguma coisa.
COMO F***DER UM CASAMENTO  11. MAGOAR.

COMO F***DER UM CASAMENTO 11. MAGOAR.

Somos do tamanho do que impedimos em nós para magoar quem amamos. Em mim impeço tudo. Se sei que te pode magoar, paro. Se sei que te pode magoar, respiro, acalmo. E não faço.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;