Reginaldo Rodrigues de Almeida
Reginaldo Rodrigues de Almeida Falar Global

Notícia

Eu, Sophia

Sophia é uma sedutora máquina que conjuga inteligência artificial e robótica.
04 de janeiro de 2017 às 14:02
...
Eu, Sophia
Foto: Cofina Media

Na passada edição da web summit, realizada em Portugal e já com muitos bilhetes vendidos para a edição do próximo ano que também por cá vai acontecer, uma das estrelas do evento foi a sedutora Sophia, nada mais nada menos que uma máquina que conjuga os algoritmos da inteligência artificial com a robótica.

Sob o olhar atento de milhares de pessoas e do seu criador, Ben Goertzel, este robot de ar calmo e firmeza na voz, já consegue interagir em linguagem natural e estabelecer a mais tranquila das conversas com os humanos, respondendo de forma surpreendente, com inteligência pura e até emocional, dignas do maior registo.

Da 7.ª arte para o mundo real, tudo está a acontecer e muito do que no início deste século era considerado pura ficção científica, neste momento é uma elementar realidade (afinal só o teletransporte ainda não é possível mas, não tenhamos dúvidas, será uma mera questão de tempo).

Ora, esta Sophia e todas as outras que chegarem no futuro, tanto podem ser a "Branca de Neve" ou uma qualquer bruxa má, ainda dependerão do intuito dos seus criadores mas chegará o tempo em que assumirão decisões por vontade própria.

Um facto indesmentível é que em breve (tal como vimos no filme de culto 'Eu, robot') várias são as possibilidades de encomendarmos um exemplar lá para casa que não só assumirá as tarefas rotineiras como terá a capacidade de ser uma verdadeira dama de companhia, ou cavalheiro para os que preferirem.

Independentemente da visão mais ou menos futurista que aqui se deixa e da eventual discordância, uma coisa é certa: que se cuidem os humanos mais quezilentos pois correm o sério risco de serem eles os descontinuados.

Mais notícias de Falar Global

O novo paradigma

O novo paradigma

Apresentador de 'Falar Global' da CMTV aborda a globalização.
O mito da infocracia

O mito da infocracia

Reginaldo Rodrigues de Almeida fala-nos da importância de saber gerir e produzir informação para o cidadão comum

Os piores cegos

Reginaldo Rodrigues de Almeida fala sobre os piores cegos.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!