Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

Crime público

A violência doméstica sofrida por Bárbara Guimarães é muito mais do que um assunto da vida privada de uma figura pública. É um ato hediondo que deve ser denunciado, noticiado sem eufemismos ou pudores de qualquer espécie.
03 de novembro de 2017 às 21:05
...
Crime público

O desfecho do primeiro processo movido contra Manuel Maria Carrilho por violência doméstica- no qual apenas foram julgados acontecimentos posteriores ao divórcio-acabou por ter o desfecho que há muito presumia.

O ex-ministro da cultura foi condenado a quatro anos e meio de prisão, com pena suspensa. Muito pouco, na minha singela opinião, para quem sempre disse que nunca agrediu a ex-mulher; para quem expôs na imprensa detalhes da vida privada de Bárbara Guimarães e demonstrou total indiferença pela integridade física e psicológica dos filhos.

Resta saber qual será o veredicto da justiça em relação a um segundo processo que está a decorrer e que diz respeito a factos ocorridos durante o casamento. Acompanhei de perto todo este caso e congratulo-me com o facto de a CMTV e o Correio da Manhã, ao contrário de outros órgãos de comunicação social, nunca terem virado a cara a um crime público.

A violência doméstica sofrida por Bárbara Guimarães é muito mais do que apenas um assunto da vida privada de uma figura pública. É um ato hediondo que deve ser denunciado, noticiado sem eufemismos ou pudores de qualquer espécie. Tapar os olhos, não escrever ou falar sobre o assunto é pactuar, mesmo que de forma indireta, com selvajaria no seu estado mais puro.

Ao longo de 3 anos, ouvi, incrédulo, colegas de profissão a afirmar que este tipo de notícias não cabem em jornais ou televisões de referência. Então para que servem esses mesmos jornais e televisões de referência, que estiveram "mudos" desde o final de 2013 até agora? É impossível entender, quanto mais perdoar, um homem que utiliza a força para subjugar e diminuir uma mulher. É impensável ficar em silêncio perante um crime.

Mais notícias de Por Detrás da Câmara

CMTV encanta brasileiros

CMTV encanta brasileiros

Bruna Marquezine garante ter ficado marcada pela “receção e energia do povo português”. Da nossa parte, tão cedo não vamos esquecer a sua visita. É por existirem mulheres como ela que a vida pode mesmo ser cor-de-rosa. Aqui e nos antípodas.
Perdeu o futebol

Perdeu o futebol

É tempo de acabar com o “chico-espertismo” que intoxica e compromete a paixão pelo futebol. A liderança despótica de Bruno de Carvalho e respectivas consequências negativas não afetam apenas o Sporting. Com ele perdeu o futebol.
Liberdade. Sempre!

Liberdade. Sempre!

"Amordaçar" a imprensa é um ato hediondo que deve ser reprovado e denunciado por todos aqueles que fazem do jornalismo a sua profissão.
Pimenta na língua

Pimenta na língua

O comentário, que Paulo Dentinho continua a garantir não ser um juízo de valor, uma referência direta ao verão louco de CR7 em 2009, fragilizou o homem forte da informação da RTP e conseguiu afastá-lo da direção, algo que as investidas do ex-colega Carlos Daniel não conseguiram sequer beliscar.
Estampa de mulher

Estampa de mulher

Ao contrário de muitas figuras públicas que conheço a Fernanda Serrano é um ser humano formidável, não é invejosa, não precisa de pisar para estar na berlinda, nunca fingiu ser o que não é. Esse é o segredo.
Gala ‘Sexy 20’

Gala ‘Sexy 20’

Se fosse de outra forma não me engalanava a rigor para perder horas (preciosas) de sono. A Gala ‘Sexy 20’ é irrepetível, não só pelo que promove como também pelos sonhos que oferece.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!