Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

Os verdadeiros amigos

Os amigos, tal como os canais de televisão, companheiros desde que nos conhecemos como gente, têm de ser escolhidos a dedo. Uns e outros carecem de dedicação extrema para se tornarem insubstituíveis.
05 de julho de 2017 às 18:54
...
Os verdadeiros amigos


As reflexões mais profundas que faço sobre televisão acontecem invariavelmente durante o período de férias. De comando na mão, com os sentidos em velocidade cruzeiro, dou por mim a navegar por centenas de canais, sendo muito poucos, aqueles onde aporto durante largos minutos.

Essa viagem noctívaga, acomodada pelo silêncio e a privacidade que tanto prezo fez-me pensar na amizade. Tal como na vida, em que não podemos ser verdadeiros amigos de todas as pessoas de quem gostamos, quando vemos televisão, e se assumirmos cada um dos canais como um potencial amigo, também nunca conseguimos estabelecer uma relação intensa com todos eles.

É impossível ter muitos amigos, por mais pessoas que nos rodeiem, por mais vontade que tenhamos de ser amigo de todas as pessoas de quem gostamos. O tempo e o espaço que ocupamos são finitos, cada vez mais exíguos, para o conseguirmos partilhar de forma indiscriminada.

Os amigos, tal como os canais de televisão, companheiros desde que nos conhecemos como gente, têm de ser escolhidos a dedo. Uns e outros carecem de dedicação extrema para se tornarem insubstituíveis, fiéis, interlocutores com quem partilhamos alegrias e tristezas, euforias e depressões; uns e outros têm de ser uma escolha nossa, racional, genuína.

Pouco esclarecidos são aqueles que continuam a achar que têm muitos amigos; que ainda não conseguiram fazer a destrinça entre os verdadeiros amigos e os "amigalhaços" de ocasião. E é com esta última espécie-em franco processo de reprodução-que temos de ter mais cautela.

É muito fácil separar o trigo do joio. Os amigos não são maus e desleais. É esse o preço da amizade: candura e lealdade.

Acreditem que um zapping de várias horas pode ajudar e muito nas nossas escolhas. Fui surpreendido com novas descobertas televisivas e também eliminei várias canais da box. Quanto aos amigos… Eles sabem quem são!

Mais notícias de POR DETRÁS DA CÂMARA

Calvário na televisão

Calvário na televisão

Embora legítima, não deixa de surpreender a opção de Ângelo Rodrigues em aceitar o convite da estação onde trabalha para expor o que já disse prezar acima de tudo: a vida privada.
Audiências: Share e Rating. O que é isso?

Audiências: Share e Rating. O que é isso?

Têm sido cada vez mais os espectadores atentos e interessados que me questionam sobre a diferença entre rating e share. A compreensão destas duas ferramentas é fundamental para melhor perceber o que está em jogo na guerra das audiências televisivas.
As coisas mais simples da vida...

As coisas mais simples da vida...

As coisas mais simples da vida podem ajudar a tornarmo-nos mais fortes e melhores. A bom tempo Bárbara Guimarães seguiu esse caminho e os resultados estão à vista de todos
Golo 700 com sabor amargo

Golo 700 com sabor amargo

Que me perdoe Ronaldo mas hoje, terça-feira, dia 15 de outubro, quem está de parabéns é mesmo Vítor Baía. A eterna lenda das balizas faz 50 anos. O ex-guarda-redes do FC Porto chega ao meio século como sendo o jogador com mais títulos na história do futebol português.
Goucha na Segunda Liga?

Goucha na Segunda Liga?

Quem deseja construir uma televisão familiar não pode empurrar Manuel Luís Goucha para fora das manhãs sem apresentar uma solução à altura.
Sem prazo de validade

Sem prazo de validade

No Casino do Estoril tive a oportunidade de tirar o pulso a uma mulher, a quem a vida já pregou algumas partidas, mas que ainda assim continua a sonhar. Tanto a nível pessoal como profissional. O carisma e a alegria de Fernanda Serrano ajudaram a iluminar a noite de gala do canal do Correio da Manhã.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!