Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

Os verdadeiros amigos

Os amigos, tal como os canais de televisão, companheiros desde que nos conhecemos como gente, têm de ser escolhidos a dedo. Uns e outros carecem de dedicação extrema para se tornarem insubstituíveis.
05 de julho de 2017 às 18:54
...
Os verdadeiros amigos


As reflexões mais profundas que faço sobre televisão acontecem invariavelmente durante o período de férias. De comando na mão, com os sentidos em velocidade cruzeiro, dou por mim a navegar por centenas de canais, sendo muito poucos, aqueles onde aporto durante largos minutos.

Essa viagem noctívaga, acomodada pelo silêncio e a privacidade que tanto prezo fez-me pensar na amizade. Tal como na vida, em que não podemos ser verdadeiros amigos de todas as pessoas de quem gostamos, quando vemos televisão, e se assumirmos cada um dos canais como um potencial amigo, também nunca conseguimos estabelecer uma relação intensa com todos eles.

É impossível ter muitos amigos, por mais pessoas que nos rodeiem, por mais vontade que tenhamos de ser amigo de todas as pessoas de quem gostamos. O tempo e o espaço que ocupamos são finitos, cada vez mais exíguos, para o conseguirmos partilhar de forma indiscriminada.

Os amigos, tal como os canais de televisão, companheiros desde que nos conhecemos como gente, têm de ser escolhidos a dedo. Uns e outros carecem de dedicação extrema para se tornarem insubstituíveis, fiéis, interlocutores com quem partilhamos alegrias e tristezas, euforias e depressões; uns e outros têm de ser uma escolha nossa, racional, genuína.

Pouco esclarecidos são aqueles que continuam a achar que têm muitos amigos; que ainda não conseguiram fazer a destrinça entre os verdadeiros amigos e os "amigalhaços" de ocasião. E é com esta última espécie-em franco processo de reprodução-que temos de ter mais cautela.

É muito fácil separar o trigo do joio. Os amigos não são maus e desleais. É esse o preço da amizade: candura e lealdade.

Acreditem que um zapping de várias horas pode ajudar e muito nas nossas escolhas. Fui surpreendido com novas descobertas televisivas e também eliminei várias canais da box. Quanto aos amigos… Eles sabem quem são!

Mais notícias de Por detrás da Câmara

Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Os jornalistas nunca pararam durante os últimos três meses. Ao lado dos portugueses dignificaram a missão e o compromisso de informá-los ao segundo sobre a Pandemia. Esta crise trouxe consigo a certeza de que a comunicação social é o pilar de qualquer democracia.
Parabéns CMTV!

Parabéns CMTV!

Sete anos depois a CMTV continua na linha da frente com as notícias que marcam a história do país e do mundo. O canal do 'Correio da Manhã' está mais próximo do que nunca dos portugueses na luta contra o Covid-19.
E agora, Ronaldo?

E agora, Ronaldo?

Cristiano Ronaldo vive talvez o maior drama desde que o pai faleceu em 2005. A mãe, confidente e melhor amiga continua internada no hospital depois de sofrer um AVC.
O poder da fé

O poder da fé

Na década de 90 Marco Paulo fintou o destino. A crença, a vontade de viver e servir uma autêntica legião de fãs agarraram-no à vida. Agora não será diferente.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;