Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por Detrás da Câmara

Notícia

Perdeu o futebol

É tempo de acabar com o “chico-espertismo” que intoxica e compromete a paixão pelo futebol. A liderança despótica de Bruno de Carvalho e respectivas consequências negativas não afetam apenas o Sporting. Com ele perdeu o futebol.
14 de novembro de 2018 às 13:40
...
Perdeu o futebol

A detenção de Bruno de Carvalho, indiciado por mais de 53 crimes relacionados com o ataque aos jogadores do Sporting na Academia de Alcochete, no dia 15 de maio, só pode surpreender os mais desatentos ou então a minoria, cada vez mais silenciosa, que continua a acreditar nos desígnios do ex-presidente do Sporting. 

À hora que escrevo estas linhas, Bruno de Carvalho é ouvido por um juiz de instrução criminal, no Tribunal do Barreiro, que irá decidir as medidas de coação a aplicar. Ele, assim como Mustafá, o chefe da claque legalizada do clube leonino (Juve Leo), respondem como alegados autores de uma das páginas mais vergonhosas da história do futebol português.

São muitas as dúvidas e as questões que se levantam quanto ao desfecho deste processo, cujo interesse público faz com que as televisões acompanhem ao segundo o que acontece. Mas ainda assim, há para já uma certeza insofismável: nada será como dantes no futebol português.

Essa é pelo menos a minha convicção. O trabalho desenvolvido pela justiça e as autoridades tem obrigatoriamente que ser periférico, chegar a outras cúpulas, investigar, denunciar e condenar quem dirige os clubes que representam através da corrupção, da coação e outros esquemas ilegais. 

É tempo de acabar com o "chico-espertismo" que intoxica e compromete a paixão pelo futebol. O caso dos e-mails, o processo cashball e e-toupeira são autênticas nebulosas que toldam o discernimento de adeptos e agentes desportivos. A liderança despótica de Bruno de Carvalho e respetivas consequências negativas não afetam apenas o Sporting. Com ele perdeu o futebol.

Mais notícias de Por detrás da Câmara

Impossível baixar a guarda!

Impossível baixar a guarda!

Infelizmente basta ligar a televisão ou ler as manchetes dos principais jornais e meios de comunicação online para perceber que as festas ilegais continuam a acontecer de norte a sul do país; que os convívios multinucleares são cada vez mais encarados como autênticas festas de desconfinamento, que o sol, o calor e o mar estão a toldar os sentidos conduzindo-nos para o precipício.
Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Jornalismo: o "antídoto" para a desinformação

Os jornalistas nunca pararam durante os últimos três meses. Ao lado dos portugueses dignificaram a missão e o compromisso de informá-los ao segundo sobre a Pandemia. Esta crise trouxe consigo a certeza de que a comunicação social é o pilar de qualquer democracia.
Parabéns CMTV!

Parabéns CMTV!

Sete anos depois a CMTV continua na linha da frente com as notícias que marcam a história do país e do mundo. O canal do 'Correio da Manhã' está mais próximo do que nunca dos portugueses na luta contra o Covid-19.
E agora, Ronaldo?

E agora, Ronaldo?

Cristiano Ronaldo vive talvez o maior drama desde que o pai faleceu em 2005. A mãe, confidente e melhor amiga continua internada no hospital depois de sofrer um AVC.
O poder da fé

O poder da fé

Na década de 90 Marco Paulo fintou o destino. A crença, a vontade de viver e servir uma autêntica legião de fãs agarraram-no à vida. Agora não será diferente.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;