Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás da câmara

Notícia

Vira o disco e toca o mesmo

Os tempos continuam a ser difíceis para a estação de Queluz de Baixo. Do primeiro mês de liderança de Filipa Garnel, ainda com margem de manobra para explanar as suas ideias, fica a certeza de que a RTP passou a ser uma ameaça e o fosso para a SIC torna-se cada vez maior.
21 de agosto de 2019 às 15:33
...
Vira o disco e toca o mesmo

Depois de perder a liderança para a SIC a TVI, que tem uma nova directora de Programas (Filipa Garnel), luta neste momento para manter e consolidar o segundo lugar nas audiências. Reitero o que amiudadas vezes escrevi neste espaço sobre a falta de discernimento, as apostas erradas e o desnorte que os responsáveis da estação de Queluz de Baixo têm assumido nos últimos tempos.

Com a RTP a morder os calcanhares a fuga faz-se para a frente e com o recurso a repetições. Veja-se o que aconteceu no último domingo, dia 19 agosto. Para tentar combater a liderança cada vez mais consolidada da SIC o trunfo acabou por  resumir-se à reposição da série ‘37’.

Transmitida originalmente em 2010, a série ‘37’ foi produzida pelo autor brasileiro Rui Vilhena e a trama envolve um serial killer. Do elenco figuram nomes sonantes  como Pedro Granger, João Reis, Pedro Carmo, Cucha Cavaleiro, José Boavida (já felecido)  e Isabel Abreu.

Os números falam por si. O "enlatado" recuperado do baú pela TVI registou um share de 8,5 % contra os 24, 6 % de ‘Não há crise’ (SIC). Muito pouco atrevimento para aquele que é considerado o período mais importante do dia em termos de consumo televisivo.

Os tempos continuam a ser difíceis para a estação de Queluz de Baixo. Do primeiro mês de liderança de Filipa Garnel, ainda com margem de manobra para explanar as suas ideias, fica a certeza de que a RTP passou a ser uma ameaça e o fosso para a SIC torna-se cada vez maior.

As repetições, os reality-shows e a falta de inquietação não são de todo a fórmula do sucesso para quem aspira poder voltar a liderar a televisão em Portugal.

Mais notícias de POR DETRÁS DA CÂMARA

Não pode valer tudo!

Não pode valer tudo!

Bastet e João Cabeleira são acusados de abandonar seis cães à fome. O alerta foi dado pelos vizinhos das figuras públicas e denunciado por Maya nas redes sociais. A ex-mulher do guitarrista dos Xutos e Pontapés aceitou explicar a situação, em direto, na CMTV mas desistiu no último segundo.
Meghan Markle: vítima ou vilã?

Meghan Markle: vítima ou vilã?

Não me parece justo, nem tão pouco equilibrado que se coloque todo o ónus da decisão de um casal apenas sobre Meghan Markle. E Harry? Afinal foi ele que nasceu com sangue azul e que tem desde o berço obrigações ancestrais para com coroa britânica.
Duas décadas de lealdade

Duas décadas de lealdade

Com Cristina Ferreira a cimentar a liderança nas manhãs, eis que acontece algo que merece aplausos. No dia 22 de novembro, ‘A Praça da Alegria’ foi o programa mais visto na televisão portuguesa, durante 20 minutos, ultrapassando o programa da SIC.
Calvário na televisão

Calvário na televisão

Embora legítima, não deixa de surpreender a opção de Ângelo Rodrigues em aceitar o convite da estação onde trabalha para expor o que já disse prezar acima de tudo: a vida privada.
Audiências: Share e Rating. O que é isso?

Audiências: Share e Rating. O que é isso?

Têm sido cada vez mais os espectadores atentos e interessados que me questionam sobre a diferença entre rating e share. A compreensão destas duas ferramentas é fundamental para melhor perceber o que está em jogo na guerra das audiências televisivas.
As coisas mais simples da vida...

As coisas mais simples da vida...

As coisas mais simples da vida podem ajudar a tornarmo-nos mais fortes e melhores. A bom tempo Bárbara Guimarães seguiu esse caminho e os resultados estão à vista de todos

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
;